Categoras: Notícias

Microsoft Teams: novo beta permite integração com GitHub

O GitHub anunciou nesta sexta-feira (11) um beta público que permite a integração da plataforma com o Microsoft Teams. A empresa de desenvolvimento de softwares, comprada pela Microsoft em 2018, agora permite que um aplicativo próprio seja adicionado dentro do app do Teams.

A integração oferecerá similaridades com a parceria entre GitHub e o chat Slack, firmada antes da compra da empresa pela Microsoft, que permitia aos desenvolvedores trocas de informações e checagem de atividades recentes.

Com o Teams, os usuários poderão criar compromissos e tarefas, fazer comentários, updates de status e revisar códigos.

A ferramenta também permitirá uma maior customização do feed, com inscrições em páginas e organizações interessantes ao seu perfil.

A novidade auxiliará a parcela de 30 milhões de usuários do GitHub que utiliza o Teams para desenvolver seus trabalhos. Além disso, a integração também serve como promoção de uma ferramenta da Microsoft, ganhando mercado contra o Slack.

O download do beta do GitHub no Microsoft Teams já está disponível pela Microsoft Store.

Outras novidades no Teams

Além da integração com o GitHub, a Microsoft lançou outras novidades para o Teams.

Uma delas foi o lançamento de um aplicativo de listas na plataforma, que permite a criação de planilhas com foco em tarefas colaborativas.

Outra adição interessante foi aumento do número máximo de participantes em uma videoconferência dentro do app para nove.

A Microsoft promete mais novidades para o Teams, principalmente após o aumento de popularidade do app durante a pandemia de Covid-19. Créditos: WichayadaSuwanachun/Shutterstock

Com a ascensão do home office, gerada pela pandemia da Covid-19, a ferramenta bateu recordes de uso, registrando em abril deste ano, um número impressionante de 75 milhões de usuários ativos.

No entanto, isso não foi necessariamente uma boa notícia para a Microsoft: o Teams também recebeu reclamações de instabilidade causada pelo crescimento súbito de usuários.

Fonte: ZDNet.com

Esta post foi modificado pela última vez em 11 de setembro de 2020 21:50

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Redação