EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Para dar renovar aparelhos de televisão mais antigos que não são “smart”, há diversas opções de produtos no mercado. Por sua vez, quem investe bastante neste segmento é a Amazon com os aparelhos da linha Fire TV Stick, que rodam uma versão modificada do Android a partir de uma entrada HDMI.

Já hoje (24), a Amazon anunciou dois novos modelos do Fire TV Stick, além de uma atualização na interface da Fire TV e em outros recursos de seu sistema. A seguir, confira mais sobre os novos modelos e as demais novidades apresentadas pela empresa.

publicidade

Fire TV Stick Lite

A nova versão lite do Fire Stick TV é indicada para quem pretende usar serviços de streaming de vídeo com a resolução Full HD de forma não tão exigente. O modelo em questão, além de prometer ser 50% mais rápido que seu antecessor, passou a contar com o suporte a HDR e a comandos de voz, que podem ser dados para a Alexa através de seu controle remoto.

Reprodução

O produto tem o preço sugerido de US$ 29,99 nos Estados Unidos. Em contato com a Amazon, a empresa disse ter planos de trazer o dispositivo para o Brasil, mas não confirmou data nem preço.

Fire TV Stick

Já o modelo mais avançado também está com novidades em seu hardware. Agora, o Fire TV Stick traz um processador Quad-Core com frequências até 1.7 GHz capaz de reproduzir conteúdos na resolução Full HD a 60 quadros por segundo e com a função HDR ativada. Além disso, em relação a conectividade, o novo modelo passou a suportar redes Wi-Fi de 5 GHz, que trazem mais velocidade e estabilidade.

publicidade

Reprodução

Não apenas isso, o novo Fire TV Stick também vem com o suporte a tecnologia Dolby Atmos, que ao ser utilizada com dispositivos compatíveis, pode melhorar diversos efeitos sonoros dos conteúdos em vídeo.

O Fire TV Stick está à venda com o preço sugerido de US$ 39,99 nos Estados Unidos, Canadá e em outros países da Europa. A Amazon não confirmou ter planos para lançar esta versão do Fire TV Stick no Brasil.

Mudanças no sistema Fire TV

Além das novidades em relação aos aparelhos, o sistema Fire TV também passou uma reformulação e conta com uma nova interface. Nele, o seu menu principal ficou mais intuitivo e fácil de ser editado para que você encontre rapidamente algum conteúdo que estava sendo reproduzido em um de seus apps.

Já a Alexa, também está melhor integrada ao Fire TV e pode, por exemplo, ser utilizada para alternar entre o seu próprio serviço de TV, aplicativos e grade de programação. Caso mais de uma pessoa use o dispositivo, a Alexa também pode ser usada para alternar entre perfis, que possuem configurações próprias.

Reprodução

Em seu comunicado, a Amazon informa que o redesign da Fire TV será disponibilizado para alguns países, incluindo o Brasil, ainda neste ano para os novos dispositivos da linha Fire TV.