Categoras: NotíciasPro

HP apresenta nova linha de dispositivos corporativos com Chrome OS

A HP continua expandindo sua linha de produtos para uso profissional com máquinas que vão desde Chromebooks até soluções de hardware mais compactas e poderosas. A escolha pelo sistema do Google se deu por conta do rígido controle segurança da gigante de buscas. Fator essencial, já que grande parte das empresas utilizam algum sistema de acesso remoto como ferramenta de trabalho.

Os novos gadgets que rodam Chrome OS são: o HP Pro c645 Chromebook Enterprise, o Chromebox Enterprise G3 e o Chromebox G3. O primeiro da lista foi pensado pela fabricante como um dispositivo móvel com foco em performance gráfica, para uso em diferentes cenários, como para reprodução multimídia e videoconferências.

Dispositivos da linha c640 utilizam processadores Ryzen. Imagem: HP/Divulgação

Assim como nos últimos lançamentos da fabricante, a HP escolheu equipar a máquina com o processador AMD Athlon de arquitetura Ryzen. A ideia é balancear boa performance com autonomia de bateria. O dispositivo suporta uso contínuo de até 10 horas, tempo de sobra para uma jornada completa de trabalho.

Chromebox G3 Enterprise vem de fábrica embarcado com ferramentas extras de segurança desenvolvidas pelo Google. A versão para uso profissional vai custar U$ 384 (R$ 2.150). Já o G3 tradicional sai por um valor mais em conta, U$ 254 (R$ 1.420). Ambos chegam às prateleiras em outubro.

Novo Chromebox da HP possui duas versões: tradicional e Enterprise. Imagem: HP/Divulgação

 

Windows 10 e Linux

No caso das máquinas ultrafinas, a HP investiu em um conjunto de hardware mais poderoso. O processamento fica por conta de um CPU AMD Ryzen PRO da série 4000 aliado a memória DDR4 rodando a 2666 Mhz. Nomeado como mt46 Mobile, o dispositivo pode vir embarcado tanto com Windows 10 IoT ou com outro sistema operacional da HP baseado em Linux.

O dispositivo pesa pouco mais de 1 Kg e conta com autonomia de bateria de até 14 horas. O mt46 chega ao mercado em outubro, e seu preço final parte de U$ 779 (R$ 4.340), dependendo da configuração escolhida pelo usuário.

Para quem utiliza Linux em ambiente corporativo, a HP também oferece o t540 com processador Ryzen e até 512 GB de armazenamento. A máquina estará disponível para venda em novembro, e vem com Thin Pro OS, sistema Linux da HP embarcado com ferramentas extras de segurança.

Fonte: Zdnet

Esta post foi modificado pela última vez em 24 de setembro de 2020 19:03

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Gabriel Sérvio