EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O especialista em redes sociais, Matt Navarra, revelou no dia 14 deste mês que o Twitter estaria testando mensagens de voz via DMs na plataforma no Brasil. E o que antes poderia ser apenas um boato, agora foi confirmado pelo gerente de produto para mensagens diretas da rede social, Alex Ackerman-Greenberg. Ao The Verge, o executivo enviou um correio de voz demonstrando na prática como será a nova funcionalidade.

A interface da mensagem seguirá o padrão dos tuítes de voz, também lançados recentemente pela empresa para sistemas iOS. Isso significa que o recado poderá ser visualizado em uma barra de voz, que contará com apenas um botão play/pause, tornando o processo simples.

publicidade

A equipe envolvida no desenvolvimento da função disse ter elaborado uma “experiência de gravação em linha para facilitar o envio dessas mensagens como parte do fluxo natural da conversa”.

 Reprodução

Interface da mensagem de voz via DM no Twitter deverá ser parecida com a do tuíte por voz. Créditos: The Verge/Reprodução

Já o tempo do áudio poderá ser visualizado do lado direito do botão de reprodução da mensagem, e ao lado esquerdo, o ícone do remetente deverá pulsar enquanto o áudio é reproduzido. Outra novidade revelada pelo gerente é que a mensagem poderá ser denunciada pelo usuário, caso ele receba algum conteúdo indevido.

publicidade

“Sabemos que as pessoas querem mais opções de como se expressam nas conversas no Twitter – tanto públicas quanto privadas”, justificou Greenberg sobre a nova ferramenta da plataforma.

Acessibilidade

Espera-se que a funcionalidade seja completa e que, inclusive, conte com acessibilidade. A expectativa é que o Twitter não cometa o mesmo erro de quando lançou o tuíte por voz. A rede social admitiu não ter levado em conta este aspecto no desenvolvimento da ferramenta. “Despachamos algo que não deveria ter sido enviado sem que essa conversa acontecesse”, revelou a chefe de design do Twitter, Dantley Davis.

Depois de gerar comentários negativos pela falha, a rede social disse ter, agora, uma equipe de acessibilidade dedicada em tempo integral para desenvolver estratégias que incluam pessoas com deficiências nos seus serviços. “Também mudamos nosso processo de desenvolvimento de produto para que a acessibilidade seja sempre considerada durante a conceituação dos recursos”, acrescentou.

 

Via: Engadget