EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A marca de cosméticos norte-americana Estée Lauder irá pagar US$ 17,5 mil por hora para a Nasa para que astronautas façam um “merchan” dos seus produtos na Estação Espacial Internacional. O cenário será o local mais fotografado da ISS, a Cúpula, e a tripulação não precisará usar os produtos ou aparecer nas imagens.

A ação de marketing será toda feita nas redes sociais – que já são um dos maiores veículos de divulgação das atividades da própria agência. A Nasa tem incentivado o investimento comercial na estação espacial, e afirma que planeja dedicar até 5% do tempo dos astronautas pata tais ações – afinal, o custo operacional anual do laboratório orbital é de US$ 4 bilhões.

publicidade

Os produtos da Estée Lauder – um soro noturno para a pele – serão enviados em um foguete Northrop Grumman Antares, previsto para ser lançado no próximo dia 19. “Nós acreditamos que este tipo de atividade pode ajudar a catalisar e expandir os mercados de exploração espacial para muitas empresas, demonstrando o valor da realização de atividades comerciais no espaço”, avalia o diretor de desenvolvimento de voos espaciais comerciais da Nasa, Phil McAlister.

Christina Koch/Twitter

Em uma ação comercial anterior, a astronauta Christina Koch preparou os primeiros cookies feitos no espaço. Imagem: Christina Koch/Twitter

Assim que as amostras do produto estiverem de volta à Terra, a Estée Lauder planeja leiloar uma das garrafas – o dinheiro arrecadado será doado para a caridade. Não é a primeira vez que empresas enviam seus produtos para a Estação Espacial: a rede de hotéis Double Tree enviou seus famosos biscoitos de chocolate e a Pizza Hut entregou pizza em 2001.

publicidade

Outros produtos comerciais já voaram em missões da Nasa desde seus primórdios. Brinquedos Lego e latas de refrigerante da Coca-Cola já foram fotografados em espaçonaves dos EUA, e os astronautas também usaram produtos cosméticos e de cuidados com a pele como parte de seus kits de higiene pessoal.

Tripulantes de outros países, incluindo cosmonautas russos, filmaram produtos para comerciais de TV e coletaram imagens para anúncios na Estação Espacial Internacional.

Via: ABC News/Space.com