EnglishPortugueseSpanish

A Python Software Foundation lançou o segundo release candidate (RC ou versão praticamente pronta para lançamento) do Python 3.9. A chegada ao mercado está prevista para o início de outubro. Além disso, a organização já está alertando os usuários para ficarem atentos aos avisos de depreciação, à medida que diminui a compatibilidade com versões anteriores ao Python 2.7, já sem suporte desde abril.

O principal destaque do Python 3.9 RC2 fica por conta da remoção da maioria das camadas de compatibilidade com versões anteriores ao Python 2.7. O atual Python 3.8 segue na mesma linha, no entanto, como foi lançado em outubro de 2019, a versão 2.7 ainda era compatível. “Muitas funções foram mantidas para garantir a compatibilidade com o Python 2.7. Com o fim do suporte, essas camadas de compatibilidade com versões anteriores foram removidas ou serão removidas em breve”, observa a Python Software Foundation

publicidade

Reprodução“Consideramos que o Python 3.9 está pressionando demais os mantenedores de projetos para abandonar o Python 2.7”, disse Victor Stinner, da RedHat. Crédito: EuroPython Conference/Divulgação 

 

Sob as bênçãos dos mantenedores

Apesar de a maioria das camadas de compatibilidade desaparecerem no Python 3.9, foi decidido abrir poucas exceções para algumas compatibilidades mais recentes ao 2.7, para dar suporte para mantenedores de projetos Python. Assim, eles terão tempo para remover o suporte ao Python 2 e adicionar suporte à versão mais recente da linguagem.

O movimento para manter algumas camadas de compatibilidade segue as preocupações levantadas por Victor Stinner, da RedHat, empresa da IBM, que patrocina a Python upstream e downstream para o RedHat Enterprise Linux (RHEL), e o Fedora, sistema operacional Linux. Stinner e seu colega engenheiro da RedHat, Miro Hrončok, alertaram em janeiro que há mais de 150 pacotes do Fedora quebrados pelo Python 3.9 por recursos de compatibilidade obsoletos do 2.7 que foram descartados.

“Miro e eu consideramos que o Python 3.9 está pressionando demais os mantenedores de projetos para abandonar o Python 2.7 agora ou introduzir uma nova camada de compatibilidade para oferecer suporte ao Python 3.9. Esta camada seria eliminada assim que o suporte ao Python 2.7 fosse encerrado (que deve acontecer em breve)”, escreveu Stinner. Desta forma, os mantenedores de Python mantiveram algumas camadas importantes de compatibilidade 2.7, que agora só serão removidas na próxima versão, o Python 3.10.

O Phyton é uma linguagem de programação de alto nível, criada em 1992 pelo matemático e programador de computadores holandês Guido van Rossum. Está disponível para as mais diversas plataformas, do Unix ao Windows, e foi escolhida pela revista ‘IEEE Spectrum’ como a melhor linguagem em 2020, à frente de Java e C.

 

Fonte: ZDNet