EnglishPortugueseSpanish

Google desistiu de brigar com os tops de linha?

Redação 30 de setembro de 2020
publicidade

Há várias leituras possíveis a partir dos anúncios feitos pelo Google nesta tarde. Uma delas é que a gigante das buscas talvez tenha mudado sua estratégia na linha de smartphones. Ao contrário do que vinha acontecendo até os lançamentos anteriores, os modelos Pixel mostrados hoje não trazem o topo da cadeia quando o assunto é processador e outros componentes de hardware. A impressão que ficou é que o Google resolveu desistir de bater de frente com Apple e Samsung na categoria top de linha, e resolveu mirar um pouco mais abaixo, com smartphones mais para o intermediário, que fazem uma grande aposta muito mais no software que no hardware.

Os celulares mostrados hoje já não eram segredo: praticamente tudo sobre eles já tinha vazado na Web há dias. No degrau mais alto da escala do Google, o Pixel 5 traz um chip Snapdragon 765G, com capacidade de conexão 5G. Além do processador intermediário, o aparelho oferece 8 giga de RAM e 128 giga de armazenamento. Tudo embalado por uma tela OLED de 6 polegadas, que oferece resolução de 2340 por 1080 pixels. A taxa de atualização é de 90 hertz. A bateria de 4.080 miliamperes hora traz um carregador rápido de 18 watts. O aparelho também traz um leitor de digitais capacitivo na traseira.

publicidade

No território das câmeras, o Pixel 5 traz apenas duas na parte de trás. A principal tem 12,2 megapixels. Ela é acompanhada por uma grande angular com 16 megapixels. A câmera frontal tem 8 megapixels e, como a tela ocupa toda a frente do aparelho, ela foi acomodada neste pequeno furo, do lado esquerdo.

Hoje foi anunciado também o Pixel 4a 5G. Trata-se de uma versão mais modesta do 5. O processador e as câmeras são os mesmos. Mas, este tem 6 giga de RAM contra os 8 do 5. Apesar de ter a mesma resolução na tela, a taxa de atualização também é menor, com 60 hertz contra os 90 do Pixel 5. 

Os preços também são diferentes, é claro. O Pixel 5 custa 700 dólares nos Estados Unidos, contra 500 dólares do Pixel 4a 5G.

publicidade