EnglishPortugueseSpanish

Novo Chromecast inaugura fase inédita

Redação 30/09/2020 20h33

O novo Chromecast mudou o hardware. Agora, o aparelho traz um controle remoto super minimalista, que até lembra alguns modelos antigos do iPod. Um círculo é responsável pela navegação e 8 botões oferecem acesso direto a funções específicas. Entre elas está o Google Assistente. Que, nesse caso, pode acabar se tornando um dos principais meios de interação com o aparelho, já que o software do Google costuma ser dos mais eficientes no reconhecimento de comandos por voz.

O novo Chromecast mudou também no software. Agora, ele é controlado por um sistema operacional batizado de Google TV. Qualquer semelhança com a estratégia da Apple e seu TV OS talvez não seja mera coincidência. Uma das principais características do novo sistema operacional é que ele liberta o Chromecast da dependência do celular. Agora, é possível armazenar aplicativos diretamente no aparelho. Além disso, ele inaugura um novo jeito de navegar pelos serviços de streaming. Em vez de termos ícones dedicados a cada um dos provedores, como Netflix, Amazon Prime e até o próprio Google, o sistema agrupa os conteúdos por gênero. Assim, todos os filmes estão reunidos nessa categoria – e subdivididos em categorias menores. A mesma coisa vale para as séries: todas reunidas na categoria séries, sem importar de onde estão vindo.

publicidade

É uma aposta ousada do Google, já que a chance dos usuários rejeitarem esse tipo de navegação é considerável. Basta lembrarmos que marcas como Netflix, Amazon Prime, Disney Plus e Apple TV Plus já estão se tornando referência na cabeça do público. Só tempo dirá…

O novo Chromecast chega com preço maior que seu antecessor. Nos Estados Unidos, a última geração custava 35 dólares. Esse novo vai custar 50 dólares. Os preços para o Brasil ainda não foram anunciados, mas, pelo histórico, apostamos em algo em torno dos 500 reais. Novamente, só tempo dirá.