EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Os modelos pertencentes à linha GLE, da Mercedes-Benz, são os mais seguros do mercado europeu. É o que indicam testes conduzidos pelas empresas britânicas Thatcham Research e Euro NCAP, especializadas em classificação de veículos. A avaliação é pioneira e teve seus resultados divulgados nesta quinta-feira (1º).

Durante os testes, foram monitorados os Sistemas Avançados de Assistência ao Motorista (ADAS, na sigla em inglês) de modelos da Mercedes-Benz, Tesla, Audi, Ford e outros. Esse tipo de tecnologia é responsável por automatizar os processos de segurança dos veículos, alertando o condutor para possíveis colisões e outras situações de perigo. É o caso do Autopilot da Tesla, por exemplo.

publicidade

Em geral, foram avaliados três critérios principais: assistência ao veículo, engajamento de direção e backup de segurança, explicados a seguir.

  • Assistência ao veículo: O critério fundamental da análise. Os técnicos da Thatcham e da NCAP levaram em conta os recursos de velocidade e direção, como o controle de cruzeiro adaptativo (ACC), e de que modo eles funcionam em colaboração para comandar o veículo.
  • Engajamento do motorista: Aqui, foi avaliada a precisão dos materiais de marketing e propaganda da montadora – eles são honestos e verdadeiros com os motoristas? A comunicação entre automóvel e consumidor é clara? É fácil para o motorista controlar os recursos ADAS?
  • Backup de segurança: Por último, mas não menos importante, as empresas classificaram os protocolos adotados pelas montadoras em situações de falha do ADAS e as salvaguardas oferecidas aos motoristas.

Resultados

Além da posição da Mercedes-Benz no topo do ranking, chama atenção o fraco desempenho da Tesla, nomeadamente do hypado Model 3. O veículo amargou o sexto lugar da lista, atrás de modelos da Volkswagen, Ford, Audi e BMW.

O grande vilão para o resultado do Model 3 foi o critério de engajamento do motorista. De acordo com Matthew Avery, diretor de pesquisa da Thatcham, o material de marketing do veículo foca muito na direção autônoma, o que, combinado à assistência de bom desempenho, encoraja demais o motorista a abrir mão do controle na direção, algo que pode ser perigoso.

Reprodução

publicidade

Ranking dos veículos mais seguros de acordo com a avaliação de seus ADAS. Imagem: Thatcham Research/The Next Web

A expectativa, segundo Avery, é que as classificações da Thatcham e Euro NCAP ajudem os consumidores a entender melhor a segurança de seus veículos, além de guiar os órgãos reguladores e as próprias montadoras no aprimoramento dos sistemas ADAS presentes no mercado.

Via: The Next Web