EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Na última quinta-feira (1º), o iFood anunciou que, em parceria com a startup de micromobilidade Tembici, vai oferecer veículos elétricos aos seus entregadores como parte de um plano semanal flexível de aluguel de bicicletas. O programa se chama iFood Pedal e conta com, além de equipamentos, um curso online de conscientização promovido pelo instituto Aromeiazero.

“Faz parte do nosso dia a dia exercer a proteção ativa, trazer parceiros com grande expertise e, assim, criar soluções efetivas para os entregadores de bicicleta. Depois de pouco mais de um ano de pesquisas, análises e entendimento de como aperfeiçoar a jornada na plataforma, foi possível implementar um projeto que vai incentivar o uso de um modal seguro e eficiente, trazendo melhoria para o dia a dia dos entregadores usam que bike”, disse Roberto Gandolfo, vice-presidente de Logística do iFood.

publicidade

Ainda segundo Gandolfo, a iniciativa visa facilitar o trabalho dos entregadores que usam a bicicleta como forma de locomoção. As e-bikes da Tembici tornam a jornada diária menos cansativa, visto que chegam a 25 quilômetros por hora e têm autonomia de até 60 quilômetros.

Reprodução

Interior do espaço de apoio do iFood Pedal. Imagem: Midori de Lucca/ iFood Pedal/Divulgação

No entanto, vale ressaltar que, por ora, os veículos não estão disponíveis para todos os parceiros. De acordo com o iFood, a iniciativa ainda se trata de um teste em que apenas alguns entregadores têm a possibilidade de desfrutar do iFood Pedal durante os primeiros meses. Até o fim do ano, 500 bicicletas elétricas da parceria estarão circulando pelas ruas da cidade de São Paulo.

publicidade

Os parceiros interessados nas e-bikes desembolsam R$ 9,90 por semana. Além disso, é cobrado um adicional de R$ 2 por dia para a retirada dos veículos no espaço de apoio, que funciona das 10h às 23h. O local conta com álcool em gel, capacetes, máscaras, mochilas, água, café, banheiros, mesas para refeições e tomadas para a comodidade dos entregadores.

“Há tempos identificamos a necessidade de desenvolver um projeto como esse. Vimos este público crescer rapidamente na nossa base de clientes e era preciso criar algo que realmente atendesse as necessidades dos entregadores ciclistas, até que encontramos no iFood a vontade de fomentar a delivery por bicicleta. Um projeto com entrega para este público é pioneiro no mundo e estamos muito felizes em fazer parte disso”, contou Tomás Martins, presidente executivo e cofundador da Tembici.

Por dia, os parceiros têm direito a duas retiradas de e-bikes de quatro horas, que totalizam uma jornada total de até oito horas diárias. A assinatura do plano é feita inicialmente via aplicativo do iFood para entregadores com cartão de crédito, mas os métodos de pagamento serão expandidos no decorrer do amadurecimento do programa.

Via: Estadão/Pequenas Empresas & Grandes Negócios