A Miso Robotics anunciou nesta terça-feira (06) que o seu robô cozinheiro, conhecido como Flippy Robot-on-a-Rail (Roar), já está à venda para todo o mundo. O equipamento custa em torno de US$ 30 mil (R$ 165 mil em conversão direta) e cozinha até 19 itens alimentares, além de virar hambúrgueres de maneira a poupar o trabalho de funcionários humanos. O “chef sob trilhos” também ajuda no preparo de batatas fritas, por exemplo.

Apesar do preço divulgado, a empresa pretende reduzir os custos do robô para US$ 20 mil. Ainda está prevista uma opção de contratar o Flippy Roar por US$ 1.000 (R$ 5,5 mil em conversão direta) por mês. Esta taxa deverá incluir eventuais manutenções ou atualizações necessárias. No entanto, não foi detalhado se os preços divulgados também englobam instalação do equipamento.

publicidade

Reprodução

Equipamento prepara alimentos simples e ajuda na cozinha. Créditos: The Verge/Reprodulção

O Roar

O Flippy Roar possui câmeras 3D com sensores de profundidade e térmica, bem como uma tela de 15,6 polegadas sensível ao toque. Acoplado ao equipamento, há um braço robótico que consegue empunhar espátulas e agarra cestas com comida para fritar. Todo o aparato foi pensado para preparação de alimentos simples em fritadeiras ou grelhadores.

Além de preparar comidas, o Flippy tem capacidade de realizar manutenção básica em churrasqueiras, como raspar a crosta queimada e remover o excesso de óleo. O software do robô conta com inteligência artificial que foi treinada para detectar uma ampla gama de itens de fritura. A ação de mergulhar alimentos em óleo quente foi melhorada e agora a lista inclui frango, batata frita, anéis de cebola, batatas fritas waffle, etc.

Mas ao anunciar sua venda ao mundo, a Miso Rocotics divulgou outra grande novidade do equipamento: uma atualização que colocou o robô sob trilhos e permite a navegação entre locais de armazenamento de itens congelados em direção à grelha ou fritadeira. O trilho é suspenso e tem o objetivo de “manter [o robô] fora do caminho da equipe ocupada da cozinha para aumentar a segurança e o rendimento”, disse a empresa desenvolvedora do equipamento.

Reprodução

Robô é instalado sob trilhos para atuar na cozinha com mais facilidade e sem atrapalhar funcionários humanos. Créditos: The Verge/Reprodução

Desvantagens

A instalação de robôs e outras máquinas para auxiliar o trabalho de humanos em vários setores da indústria tem sido cada vez mais comum. A título de exemplo, a própria Miso Robotics anunciou que estará “em breve” operando em 50 localidades da CaliBurger, uma rede de lanchonetes norte-americana. Mas a ação pode prejudicar mais do que ajudar no trabalho cotidiano. Isto porque um relatório recente sobre automação nos estoques da gigante Amazon aponta que embora a instalação destes equipamentos tenha aumentado a produtividade da empresa, funcionários humanos sofreram mais com ferimentos enquanto lutavam para acompanhar as máquinas.

Espera-se que o mesmo infeliz caso também não ocorra com Flippy Roar.

Fonte: The Verge