EnglishPortugueseSpanish

EUA condenam monopólio das gigantes de tecnologia

Redação 7 de outubro de 2020
publicidade

De acordo coma Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, o Facebook, Apple, Google e Amazon têm exercido e abusado do seu poder de monopólio como empresas de tecnologia. Agora, legisladores pedem mudanças mais abrangentes nas leis antitruste.

 
Durante a sessão, foi apresentado um relatório de 449 páginas, fruto de 16 meses de investigações por parte do órgão sobre práticas das maiores empresas do ramo no mundo. Para os legisladores as empresas abusam de suas posições dominantes no mercado internacional, estabelecendo e até ditando, frequentemente, preços e regras para comércio, pesquisa, publicidade, redes sociais e publicação.
 
Sobre as soluções que podem ser aplicadas, as autoridades levantaram a hipótese de mudanças na reestruturação das empresas em questão, bem como tornar ilegal o tratamento preferencial aos seus produtos. Os legisladores ainda sugeriram dividir as empresas em “separações estruturais” de modo a proibi-las de operar em mercados parecidos aos que já dominavam. Outra recomendação foi a possível criação de regras claras para bloquear as tentativas das gigantes da tecnologia de comprar outras empresas.
 

Republicanos já concordaram com propostas que sugerem reforçar o financiamento de agências antitruste, no entanto, recusaram pedidos para que o órgão interfira na estruturação e modelo de negócios destas empresas.

publicidade