A Virgin Hyperloop escolheu o novo local de testes para seu sistema de transporte em túnel de alta velocidade. O estado da Virgínia Ocidental, no sul dos Estados Unidos, receberá o Hyperloop Certification Center (HCC).

“É o início da jornada do hyperloop para os Estados Unidos e para o mundo. Estamos um passo mais perto de tornar a viagem uma realidade para pessoas em todos os lugares”, afirmou Richard Branson, fundador do Virgin Group. A Virgin Hyperloop pretende obter a certificação de segurança até 2025, com as operações comerciais iniciando em 2030.

publicidade

Virgin Hyperloop/Divulgação

Hyperloop Certification Center da Virgin. Imagem: Virgin Hyperloop/Divulgação

Ao todo, serão investidos US$ 500 milhões na construção do centro de testes, que será responsável por testar, desenvolver e validar a tecnologia que sustenta o (ainda) teórico sistema de hyperloop da empresa. Até agora, o transporte via cápsula em alta velocidade nunca foi testado com passageiros humanos.

O governo federal norte-americano estabeleceu em julho uma regulamentação para testes com a tecnologia hyperloop. O documento, chamado “Caminhos para o Futuro do Transporte” ajudará a abordar questões relevantes sobre segurança e privacidade das novas tecnologias intermodais “sem prejudicar a inovação”, afirma a secretária de Transportes dos EUA, Elaine Chao.

Virgin Hyperloop/Divulgação

Hyperloop Certification Center da Virgin. Imagem: Virgin Hyperloop/Divulgação

“Quando procuramos emergir da crise causada pela Covid-19, precisaremos de uma solução do século 21 que nos impulsione, permitindo-nos não apenas reconstruir, mas realmente evoluir”, afirma o CEO da Virgin Hyperloop, Jay Walder. “Hyperloop é essa solução, e esperamos trabalhar com nossos parceiros em todo o país – em lugares como Virgínia Ocidental, Ohio, Texas, Missouri, Washington e Carolina do Norte – para conectar o país de costa a costa”, completa.

A Virgin Hyperloop possui uma instalação de testes no deserto ao norte de Las Vegas, onde tem alcançado velocidades de até 370 km/h em seu túnel a vácuo. A empresa acredita que precisaria de um trilho de dois quilômetros para atingir a velocidade máxima teórica do hyperloop de 1,1 mil quilômetros por hora.

Via: The Verge