EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Desde o ano passado, rumores afirmam que a Apple lançará no mercado um novo acessório chamado de AirTags. Ele seria uma espécie de rastreador discreto e seguro para itens como bolsas, mochilas, carteiras, chaves, cases de notebook e muitos outros. Seu anúncio era esperado para acontecer na próxima terça-feira (13), mas pode ter sido adiado.

Segundo Jon Prosser, que já vazou informações certeiras de produtos da Apple e afirma possuir fontes internas, a companhia “adiou o anúncio e o lançamento dos AirTags para março de 2021”. Os rumores apontavam que o rastreador seria anunciado no evento de lançamento do iPhone 12, no começo da próxima semana.

publicidade

A ideia é fazer com que o acessório seja compatível com o ecossistema da Apple. Sendo assim, ele poderia ser monitorado também utilizando o serviço ‘Find My‘ em um outro dispositivo. Sendo lançado junto do novo iPhone, a Apple poderia trazer mais apelo sobre como essa integração funcionaria.

Reprodução

publicidade

Os AirTags, apontam rumores e vazamentos, são mini rastreadores que estarão integrados aos serviços de rastreamento da Apple. Imagem: Jermaine (Concept Creator)/Reprodução

Vazado pela própria Apple

Em agosto, a Apple registrou no Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos (USPTO, na sigla em inglês) uma patente que faz referência ao uso dos AirTags. Nela, é citado que os dispositivos seriam utilizados para conectividade e comunicação, além de possuir recursos de energia, como uma bateria própria. Também, que os dispositivos da patente são pequenos eletrônicos portáteis com sensores luz.

Referências sobre os AirTags também já foram encontradas e “vazadas” pela própria Apple. Em um vídeo publicado no canal da empresa no YouTube, o termo “AirTags” é visto em um ajuste de localização. É indicado, também, que o rastreamento poderia funcionar sem utilizar uma rede Wi-Fi nos dispositivos.

Apesar do atraso no anúncio do acessório relatado por Prosser, a Apple ainda não se pronunciou quanto ao lançamento. Até então, detalhes técnicos dos AirTags não foram revelados.

Fonte: Jon Prosser