EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Recentemente, a Microsoft lançou o projeto xCloud para dispositivos Android, um serviço que permite o streaming de jogos diretamente no smartphone. No entanto, o serviço está disponível apenas para o sistema operacional do Google. Agora, isso parece estar prestes a mudar – mas de uma forma diferente.

Isso porque, para lançar o xCloud para dispositivos iOS, a Microsoft trabalha em uma “solução direta baseada em navegador”, que deve chegar no início do próximo ano. Fontes supostamente ligadas ao projeto informam que a empresa planeja disponibilizar a versão web do xCloud para rodar em dispositivos iOS e iPadOS ao mesmo tempo em que continua a desenvolver o aplicativo para esses sistemas.

publicidade

Reprodução

Atualmente, serviço está disponível apenas para dispositivos Android. Foto: Microsoft/ Divulgação

publicidade

A revelação do trabalho do xCloud baseado em navegador aconteceu durante uma reunião geral com Phil Spencer, líder da divisão Xbox na Microsoft. “Com certeza vamos chegar ao iOS. Vamos levar o serviço para iPhones e iPads”, declarou o executivo. 

Talvez um dos problemas que levou a Microsoft a desistir do lançamento de um aplicativo do serviço para iOS seja a própria política da Apple em relação a esse tipo de segmento.

Atualmente, a empresa da maçã bloqueia serviços como o xCloud e Stadia de rodar em dispositivos iOS por meio da App Store. Isso porque, de acordo com as políticas de utilização, as companhias podem criar aplicativos para catalogar os jogos oferecidos, entretanto, devem enviar seus games individualmente, como se fossem aplicativos separados.

Lançar uma plataforma baseada em navegador pode ser uma forma de contornar essa situação e disponibilizar para os utilizadores de dispositivos Apple o serviço de streaming. Resta saber como a empresa da maçã reagirá a isso.

Durante a mesma reunião, Spencer também discutiu os planos da empresa para a chegada do serviço ao PC. O executivo descreveu os computadores como uma “grande oportunidade” para o Game Pass e o streaming de jogos. Com isso, há planos de lançar a funcionalidade para Windows 10 em algum momento de 2021.

Via: The Verge