EnglishPortugueseSpanish

Alunos e professores da rede pública de São Paulo receberão SIM cards

Redação 15 de outubro de 2020

Com a pandemia do novo coronavírus, as aulas online se tornaram comuns. Para garantir que alunos e professores tenham acesso à internet para participar das atividades, a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo vai distribuir chips com planos telefônicos para eles.

De acordo com o projeto, serão concedidos 750 mil cartões SIM – 500 mil para alunos e 250 mil para professores. Os estudantes terão 3 giga mensais e os docentes, 5 giga por mês. Com os chips, eles terão acesso à internet e a pacotes de SMS e ligações.

publicidade

A distribuição tem como público alunos de 8º ano, 9º ano e ensino médio. A iniciativa vai permitir acesso a todas as ferramentas necessárias para os estudos e o objetivo é diminuir a evasão escolar.

Ainda não há informações sobre qual operadora será contratada para fornecer os planos e os chips nem sobre quando eles começarão a ser distribuídos.