EnglishPortugueseSpanish

Na noite da última terça-feira (13), devido a um alinhamento planetário, Marte pôde ser visto da Terra. Isso aconteceu porque o planeta refletiu mais a luz solar em nossa direção, pois estava exatamente do lado oposto da estrela.

publicidade

Esse acontecimento, somado ao fato de que Marte estava particularmente “perto” da Terra, fez com que astrônomos amadores com telescópios pudessem tirar fotos nítidas de sua superfície diretamente de seus quintais.

publicidade

A posição em que Marte estava, no exato oposto do Sol, acontece com relativa frequência, a cada 26 meses. No entanto, é muito menos comum que isso aconteça exatamente quando o planeta se aproxima da Terra – fenômeno que acontece, em média, a cada 16 anos. Isso tornou o acontecimento uma ocasião rara.

Agora, de acordo com o site WaPo, essa mesma aproximação – bastante acentuada – só deve ocorrer novamente em 2035. Até lá, o planeta pode chegar perto do nosso planeta em outras ocasiões, mas não a ponto do fenômeno se repetir de forma tão deslumbrante.

Nas redes sociais, diversos usuários compartilharam capturas feitas no período. As fotos são bem interessantes e mostram claramente a superfície do Planeta Vermelho.

Além disso, um usuário do Reddit compartilhou um vídeo acelerado do fenômeno, que foi gravado ao longo de três horas. Nele, é possível ver um pouco da rotação do planeta.

My 3 hour timelapse of Mars at Opposition from r/Astronomy

Via: Futurism