EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Terra Plana, pousos falsos na Lua e que alienígenas andam entre nós são algumas das teorias com maior número de adeptos atualmente. Para desmistificar essas e outras questões, a Nasa planeja lançar um episódio temático de Halloween de seu programa, chamado #AskNasa.

A ideia da agência é abordar conspirações e boatos relacionados ao espaço. Para ajudar a definir quais teorias serão comentadas, em uma publicação no Twitter, os internautas foram incitados a dizer quais “planos secretos você acha que estamos arquitetando ao longo dos anos?”.

publicidade

Geralmente, os vídeos do #AskNasa abordam tópicos mais simples, como viagens a Marte e como os astronautas vivem no espaço. “Apresentando uma variedade de especialistas, a série tem como objetivo responder a perguntas frequentes e desmascarar mitos”, declarou a agência quando lançou o programa em 2019.

Até agora, as solicitações giram em torno de perguntas sobre aterrissagem lunar, OVNIs e rumores sobre um dispositivo criado para desviar furacões do Centro Espacial Kennedy, na Flórida.

Há também muitas piadas, incluindo uma sobre como a Nasa contratou o diretor de cinema Stanley Kubrick para filmar um pouso na Lua, mas que ele era perfeccionista o suficiente para querer filmar no local.

De qualquer forma, devemos esperar o episódio ser lançado para sabermos quais foram as perguntas escolhidas para receberem uma resposta da agência.

Anúncio de descoberta

A Nasa marcou uma coletiva de imprensa para a próxima segunda-feira (26) às 13h (horário de Brasília) onde promete anunciar uma “empolgante descoberta” sobre a Lua feita usando o telescópio infravermelho Sofia. Segundo a agência a descoberta contribui com seus esforços para aprender mais sobre a Lua, em apoio a missões de exploração do espaço profundo.

Não há mais detalhes sobre o que será anunciado, mas há menção ao programa Artemis, que pretende levar astronautas novamente à superfície Lunar em 2024 como preparação para o “próximo salto” da humanidade, a exploração de Marte no início da década de 2030. O evento será transmitido, apenas em áudio, no canal da Nasa no YouTube.

Via: CNet