EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Huawei revelou nesta quinta-feira (22) sua nova família de celulares premium Mate 40. Como de costume, a versão regular do dispositivo veio acompanhada de um Mate 40 Pro, Mate 40 Pro+ e ainda um modelo chamado Mate 40 RS Porsche Design. Todos os aparelhos da linha possuem conectividade 5G.

Mate 40 Pro+

Comecemos pela versão mais equipada. O Mate 40 Pro+ tem tela OLED de 6,76 polegadas com taxa de atualização a 90 Hz, 256 GB de armazenamento e incríveis 12 GB de RAM, equiparando-se a modelos top de linha da Samsung, OnePlus e Xiaomi.

publicidade

A câmera traseira é quádrupla, com principal de 50 MP, grande-angular de 20 MP, telefoto de 12 MP, zoom óptico 10x de 8 MP e um sensor de profundidade 3D. A frontal tem resolução de 13 MP e também acompanha um sensor de profundidade.

A capacidade da bateria é de 4.400 mAh com suporte a recarga sem fio de 50 W. O aparelho é ligeiramente mais pesado que outros semelhantes no mercado, com 230 gramas, e suas dimensões são de 162,9 x 75,5 x 8,8 milímetros.

publicidade

Reprodução

Mate 40 Pro+ tem quatro câmeras e um sensor de profundidade. Imagem: Divulgação/Huawei

Além do 5G, o celular conta com a tecnologia de compartilhamento por aproximação NFC, Wi-Fi 6, Bluetooth 5.2 e leitor de digitais sob a tela. Já o chipset é o novo HiSilicon Kirin 9000 octa-core com GPU Mali-G78 de 24 núcleos, a maior especificação do mercado.

O chip é o primeiro baseado em processo de 5 nm a ter 5G integrado, já que o A14 Bionic da Apple requer um modem separado para a internet de quinta geração.

Já o Mate 40 RS Porsche Design nada mais é do que uma versão repaginada do Pro+, com um visual exclusivo criado pelo estúdio Porsche Design, e o dobro de armazenamento: 512 GB.

Reprodução

Mate 40 RS Porsche Design tem visual repaginado e módulo octagonal. Imagem: Divulgação/Huawei

Mate 40 Pro

A partir do Mate 40 Pro, os aparelhos vão perdendo especificações. Diferente do Pro+, esta versão tem 8 GB de RAM e um chipset com GPU de 22 núcleos, o Kirin 9000E. A parte frontal é idêntica, com tela de 6,76 polegadas e câmera de 13 MP com sensor de profundidade. A traseira, contudo, traz uma câmera a menos, excluindo a superzoom de 8 MP.

As especificações envolvendo bateria, carregamento e conectividade são as mesmas, e a última diferença fica por conta do peso, que neste modelo é de 212 gramas.

Reprodução

Mate 40 Pro tem uma câmera a menos na traseira. Imagem: Divulgação/Huawei

Mate 40

Já o Mate 40 básico possui a tela ligeiramente menor, de 6,5 polegadas, e perde a opção de carregamento sem fio, restando apenas a recarga com fio de 40 W.

A RAM e o armazenamento continuam sendo de 8 GB + 256 GB, e o conjunto de câmeras é composto por uma principal de 50 MP, grande-angular de 16 MP e telefoto de 8 MP. O chipset também é o Kirin 9000E com GPU de 22 núcleos.

Reprodução

Traseira do Mate 40. Imagem: Divulgação/Huawei

Um ponto interessante é que, devido às restrições impostas à Huawei pelos Estados Unidos, os novos celulares substituem os Google Mobile Services (GMS) pelos Huawei Mobile Services (HMS). Isso significa que o sistema operacional dos dispositivos, embora sejam baseados no Android 10, não terão nenhum aplicativo ou serviço do Google incluído.

Não foi anunciada uma data de lançamento para os dispositivos na Europa, e ainda não há previsão de disponibilidade no Brasil. Os preços em euro, por outro lado, já são conhecidos:

  • Mate 40: 899 euros (R$ 5.919 em conversão direta);
  • Mate 40 Pro: 1.199 euros (R$ 7.894);
  • Mate 40 Pro+: 1.399 euros (R$ 9.210);
  • Mate 40 RS Porsche Design: 2.295 euros (cerca de R$ 15.110).