EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Mesmo que não traga grandes novidades, a versão 2.20.203.3 do WhatsApp beta para Android deixou indícios do que está prestes a chegar. As mudanças se concentram em melhorias de segurança no app.

Atualmente, usuários de smartphones com o sistema operacional do Google têm a possibilidade de bloquear o aplicativo por meio da impressão digital. Quando ativado, o recurso faz com que seja necessário utilizar a autenticação para acessar o WhatsApp.

publicidade

Porém, alguns celulares mais simples não possuem leitor de digitais e, para acrescentar essa proteção a esses modelos, o “bloqueio por impressão digital” será alterado para “bloqueio biométrico”.

ReproduçãoAtualização vai permitir desbloquear aplicativo por reconhecimento facial. Foto: WABetaInfo

publicidade

E qual será a diferença? Além das digitais, será possível utilizar o reconhecimento facial para bloquear e acessar o aplicativo. Para isso, será necessário que o smartphone tenha a função de desbloqueio por outras biometrias.

Hoje, caso o WhatsApp não consiga identificar a digital após algumas tentativas, o usuário fica impedido de entrar no app. Com a futura chegada da novidade, também estará disponível uma nova forma de desbloqueio para esses casos. Apesar de não ter sido identificada, o mais provável é que seja por meio de uma senha pré-determinada.

ReproduçãoOutra novidade será a possibilidade de entrar em uma chamada em grupo perdida. Foto: WABetaInfo

Outro recurso que está sendo desenvolvido vai permitir que o usuário entre em uma chamada em grupo mesmo que ele tenha perdido o convite no momento em que foi feito. Ao entrar o WhatsApp, caso a conversa ainda não tenha sido encerrada, ela ainda estará disponível sem a necessidade de algum participante ter que ligar novamente.

Os recursos ainda estão em desenvolvimento, mas, considerando o avanço dos mesmos, não deve demorar muito para que as novidades cheguem à versão beta.

Via: WABetaInfo