EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Após implementar o serviço em Nova York no ano passado, a Amazon expandiu os testes de suas bicicletas elétricas de carga para a Europa. A empresa confirmou que a iniciativa tem como objetivo reduzir as emissões nas cidades europeias.

Ao Business Insider, um porta-voz da companhia disse que a “Amazon se comprometeu, por meio do The Climate Pledge, a atingir zero carbono até 2040. Estamos fazendo experiências em toda a empresa para reduzir as emissões, incluindo trabalhar com nossos provedores de entrega para testar uma variedade de opções”.

publicidade

publicidade

As bicicletas começaram a ser vistas pelas ruas de Londres, como indicado pelo usuário Brian Jones do Twitter. O serviço de entregas foi encontrado perto da sede da empresa. Vale lembrar que os meios de transporte para entrega não são operados pela própria Amazon, mas por uma de suas contratadas locais.

Apesar disso, a gigante do varejo se recusou a nomear a empresa responsável pelas entregas. Mesmo assim, a startup Delivery Mates assumiu publicamente o crédito pelos veículos.

A Amazon pode não tornar as bicicletas parte permanente de sua lista de veículos de entrega, mas o experimento surge em um momento bastante oportuno. Isso porque as cidades enfrentam congestionamentos ocasionados principalmente pelo aumento de demanda nas compras online.

Jogos em nuvem Amazon

A Amazon anunciou na última terça-feira (20) que o Luna, seu serviço de jogos na nuvem, está concedendo acesso antecipado a um pequeno e seleto grupo de clientes nos Estados Unidos, os quais receberão convites para testar a novidade e até mesmo para assinar a plataforma se assim desejarem. Vale lembrar, no entanto, que nenhum dos convidados será obrigado a testar ou assinar o Luna.

Os clientes que receberem permissão para acesso antecipado poderão conhecer o Luna via Fire TV, Mac, PC e aplicativos web para iOS, já que a Apple restrições rígidas que impedem aplicativos de cloud gaming como o Stadia e o xCloud na App Store. Uma versão para Android também deve ser disponibilizada em breve.

O cadastro será feito por meio do Luna Plus Game Channel, a plataforma oficial do serviço. Posteriormente, um canal específico da Ubisoft também deve ser lançado para que clientes da desenvolvedora façam cadastros separadamente.

Aos selecionados para os testes do Luna, a Amazon oferecerá sete dias gratuitos do serviço. Após esse curto período, os clientes que quiserem continuar com a plataforma precisarão desembolsar US$ 5,99 por mês para terem acesso a 50 títulos. O preço para outros países ainda não foi revelado.

Via: Business Insider