EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Na quinta-feira (22), a Huawei anunciou o novo Huawei Mate 40 Pro junto da sua nova linha de celulares. O lançamento pode não trazer o Android, do Google, por causa das sanções do governo dos Estados Unidos, mas o DxOMark avalia que ele possui a melhor câmera da atualidade.

O DxOMark é especializado em testar e ranquear câmeras e lentes, inclusive de dispositivos móveis. De acordo com publicação dos testes com o Mate 40 Pro, no mesmo dia do lançamento, o dispositivo atingiu 136 pontos. Ele também é o novo primeiro colocado para fotografias com a câmera frontal, com 104 pontos.

publicidade

Para efeito de comparação, no mesmo ranking, o segundo colocado é o Xiaomi Mi 10 Ultra, que recebeu 133 pontos na avaliação. O terceiro colocado é o Huawei P40 Pro, com 132 pontos. Já o Galaxy Note 20 Ultra 5G, anunciado em agosto, ocupa a 12ª colocação com 121 pontos.

Câmeras poderosas até no escuro

O conjunto de câmeras do Mate 40 Pro traz três sensores. O principal tem 50 MP (f/1.9) e exporta fotos automaticamente em 12 MP. O sensor grande angular tem 20 MP (f/1.8), e o telefoto possui 12 MP (f/3.4) com estabilização óptica de imagem (OIS). Ele ainda conta com um sensor extra que ajusta a temperatura das cores.

Reprodução

Câmeras do Huawei Mate 40 Pro têm precisão de cores e tons vibrantes. Imagem: DxOMark/Reprodução

publicidade

O DxOMark informa que o alcance dinâmico do celular merece destaque. Ele também teve bom desempenho para fotografias e exposição calibrada em diferentes níveis de luz, incluindo em cenários pouco iluminados. O site diz que ele é “uma ótima opção para fotos noturnas e outros cenários difíceis de pouca luz”.

O site também diz que o foco automático é rápido e preciso, sendo “uma melhoria notável em relação ao P40 Pro”. No modo retrato, a detecção de profundidade “é excelente, mesmo em cenas desafiadoras”. Isso significa que o efeito tem aparência natural e recorte preciso em áreas como de cabelos.

O Mate 40 Pro ainda teve ótimos resultados nas câmeras de zoom, ângulo aberto e na gravação de vídeos. Por outro lado, a lente grande angular não captura tanto espaço de uma cena em comparação com o Mi 10 Ultra.

Fonte: DxOMark