EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Nokia criou um sistema automatizado e sem contato físico que consegue determinar se uma pessoa possui sintomas de Covid-19 e se está usando máscara. Esforço tem o objetivo de proteger empregados no retorno às atividades em sua fábrica, mas sistema poderá ser usado para outras aplicações.

A companhia finlandesa vem usando o ‘Nokia Automated Analytics Solution’ em sua fábrica em Chennai, na Índia, por dois meses e escaneou mais de 200 mil pessoas na instalação. O local, que foi fechado por algum tempo para cumprir as regulamentações indianas após o surto do coronavírus, tem mais de 1.000 funcionários.

publicidade

Como funciona?

Usando câmeras térmicas e análises de vídeo em tempo real, o sistema verifica a temperatura (precisão de +/- 0.3 °C) de qualquer indivíduo que entra no local. Uma engine de análises processa rapidamente a gravação para determinar se as pessoas estão cumprindo as regras do uso de máscaras.

Se uma irregularidade for detectada, uma visão centralizada de toda a organização é apresentada e um alerta de SMS ou e-mail em tempo real é enviado automaticamente para o pessoal em campo para iniciar ações de rastreamento e pós-detecção.

A Nokia afirma que todo o processo ocorre quase em tempo real e a operação sem humanos permite o dimensionamento para ambientes muito grandes com milhares de pessoas e vários pontos de acesso.

Leo Gergs, Analista de Pesquisa da ABI Research, disse: “O Nokia Automated Analytics Solution para Controle de Acesso é um ótimo exemplo do papel importante que os fornecedores de infraestrutura de rede podem desempenhar no combate à propagação de uma pandemia global, como a Covid-19″.

publicidade

Nokia/Reprodução

Arquitetura do sistema NAAS. Método rápido permite sua aplicação em locais com uma grande quantidade de pessoas. Créditos: Nokia/Reprodução

Fim do Coronavírus

A Nokia afirma que o produto não se limita apenas ao cenário atual do Covid-19 e que os clientes podem expandi-lo para adicionar outros recursos, incluindo vigilância preventiva, manutenção de máquinas e ameaças à segurança.

“Seja em fábricas, portos, escritórios, aeroportos, escolas, ou centros de triagem ao ar livre, redes de missão crítica e soluções de automação digital desempenham um papel importante na garantia da resiliência do fornecimento, continuidade dos negócios e segurança dos trabalhadores em tempo real”, afirmou Amit Shah, chefe de Análises e IoT da Nokia.

Nokia/Reprodução

Panfleto online da Nokia destaca as possibilidades do uso do NAAS em aeroportos. Créditos: Nokia/Reprodução

Shah ainda completa: “Nossa solução Nokia Automated Analytics traz dados centralizados, análises e um sistema de gerenciamento de automação, permitindo que grandes organizações tomem decisões inteligentes para proteger suas pessoas e instalações durante e em um mundo pós-pandemia, respeitando a privacidade individual”.

O sistema vem com suas configurações de privacidade onde os rostos podem ser desfocados para cumprir os regulamentos locais, permitindo sua implementação em todo o mundo. Além disso, a monitoração pode ser realizada de uma instalação central sem a necessidade de manter uma pessoa em cada ponto de verificação.

“As fábricas e centros de P&D da Nokia estão implantando isso”, disse Shah, acrescentando que as negociações também estavam em “estágios bastante avançados” sobre a implantação do sistema na América do Norte, América Latina e Ásia e em vários setores, incluindo escolas e prédios governamentais.

Fonte: Reuters