As conversas em vídeo se popularizaram durante a pandemia, já que são a melhor forma de bater papo cara a cara em tempos de distanciamento social. Por isso, o Tinder decidiu adotar a ferramenta depois de testá-la em vários países.

O recurso está sendo implementado na Austrália, no Brasil, no Chile, na Coreia do Sul, na Espanha, nos Estados Unidos, na França, na Indonésia, no Peru, no Reino Unido, na Tailândia e em Taiwan. Para ter acesso à ferramenta, basta atualizar o aplicativo.

publicidade

Para iniciar uma conversa em vídeo, os dois envolvidos precisam aceitar a chamada. Além disso, qualquer um dos dois pode desativar a autorização a qualquer momento. Para evitar riscos, o Tinder dá alguns conselhos aos usuários, como começar devagar nas mensagens de texto e ser flexível quanto aos horários.