EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Depois de remover adaptadores de tomada e fones de ouvido das caixas do iPhone 12, muitos se perguntam qual será a próxima jogada da Apple. O site americano CNET publicou hoje (30) um artigo opinativo argumentando que a empresa trilionária agora deve ir mais além – efetivamente abandonando a entrada Lightning que ela criou.

O motivo para isso seria o de abrir um espaço em seu portfólio para lançar um celular completamente fechado, sem nenhum tipo de entrada.

publicidade

O ponto principal levantado no artigo, assinado por Sareena Dayaram, é o de que a Apple já se viu nessa posição antes: em 2012, a empresa decidiu tornar obsoletos diversos acessórios compatíveis com seus produtos ao lançar o padrão Lightning, abandonando os conectores de 30 pinos. O Lightning é uma tecnologia proprietária que você só encontra na Apple – mesmo que o restante do mercado prefira o padrão USB-C.

Reprodução

O iPhone 12 já virá sem a tomada do carregador e o fone de ouvido, mas o futuro pode reservar ainda mais remoções do aparelho. Imagem: Apple/Divulgação

Mais além, foi em 2016 que a Apple lançou smartphones sem entradas de 3,5 milímetros (a famosa “P2”) para fones de ouvido – no mesmo ano em que ela disponibilizou para o mercado consumidor os fones AirPods e, desde o iPhone 8, os celulares fabricados por ela trazem suporte à tecnologia de recarga wireless.

publicidade

Evidentemente, a Apple não foi a primeira a adotar quaisquer das medidas acima. Na verdade, ela raramente é. A empresa é costumeira em deixar novas tendências de mercado rodarem em seus concorrentes para analisar a viabilidade delas em seus próprios produtos. E nem sempre ela acerta: lembra-se do AirPower, seu anúncio pomposo em 2017 e malfadado cancelamento em 2019?

Bem, rumores recentes indicavam que a Apple estaria ressuscitando o projeto e, embora tais boatos já tenham sido enterrados, é importante lembrar que a empresa adotou a tecnologia MagSafe para o iPhone 12. Neste ponto, o CNET argumenta que a MagSafe pode ser a ponte necessária para que a Apple crie um ambiente diversificado – um onde iPhones de base ainda tragam conexões a fio, ao passo que modelos de ponta sejam totalmente wireless e, consequentemente, sem nenhuma entrada.

Reprodução

A tecnologia MagSafe, adotada pela Apple no iPhone 12, pode ser a ponta para um futuro completamente livre de fios, argumenta site americano. Foto: Foto: Filip Chudzinski/ Twitter

Mais além, a durabilidade é um ponto levantado pelo site: menos entradas – ou, neste caso, nenhuma – teoricamente se traduzem para menos poeira acumulada ou menos partículas nocivas ao hardware de um smartphone. Novamente, neste aspecto, a Apple não seria a primeira: a chinesa Vivo já lançou o celular conceitual Apex, que não tem nenhuma entrada ou botão físico – embora ele não esteja disponível para aquisição a nível comercial.

A peça opinativa do CNET não teve resposta da Apple, que tem por política não comentar rumores ou especulações. Mas isso não impede o mercado de pensar sobre o assunto. E você, o que pensa sobre esse possível futuro? Comente sua opinião nos comentários abaixo!

Fonte: CNET