EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A SpaceX está pronta para lançar um satélite atualizado do Sistema de Posicionamento Global (GPS) em órbita para a Força Espacial dos EUA, nesta quinta-feira (5) e você pode assistir à ação online.

O voo – o 20º lançamento este ano para a SpaceX e seu foguete Falcon 9 – está programado para decolar do Space Launch Complex 40, na Estação da Força Aérea do Cabo Canaveral (Flórida), a partir das 20h24. No topo do foguete está o satélite GPS III-SV04, que foi construído pela Lockheed Martin. 

publicidade

Você pode assistir ao lançamento ao vivo na página da SpaceX, começando cerca de 15 minutos antes do lançamento. 

SpaceX/Reprodução

 O foguete Falcon 9 carregando o satélite GPS III SV04 para a Força Espacial dos EUA está na Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, Flórida. Imagem: SpaceX/Reprodução

O lançamento de hoje, a missão GPS III-SV04, quase saiu do solo em 2 de outubro, mas o computador de bordo do Falcon 9 detectou um problema e a tentativa foi abortada com apenas alguns segundos restantes no relógio de contagem regressiva. A SpaceX resolveu o problema, eventualmente substituindo dois dos nove motores Merlin no primeiro estágio do Falcon 9.

publicidade

Se tudo sair como planejado, este será o quarto lançamento de um satélite GPS III atualizado da próxima geração até hoje. O primeiro e o terceiro foram lançados nos foguetes Falcon 9, em dezembro de 2018 e em 30 de junho deste ano.

O segundo satélite GPS III foi lançado no topo do último foguete ULA Delta IV Medium em agosto de 2019. A SpaceX também garantiu os próximos lançamentos após este, enquanto os militares trabalham para atualizar a rede obsoleta.

Missão terá novo Falcon 9

Construídos pela Lockheed Martin, no Colorado (EUA), esses satélites GPS atualizados são algumas das espaçonaves mais sofisticadas já construídas. Eles possuem recursos anti-jamming oito vezes mais robustos do que as iterações anteriores e são equipados com sinais mais poderosos para maior precisão, segundo a fabricante de produtos aeroespaciais.

O lançamento de hoje apresenta o quarto de uma série de 10 satélites GPS III atualizados para os militares que se juntarão à atual constelação de satélites já em órbita. Além disso, ajudarão a fornecer serviços de posicionamento, navegação e cronometragem para mais de quatro bilhões de usuários em todo o mundo. O GPS III-SV04 substituirá um antecessor antigo que foi lançado há 20 anos.

SpaceX/ReproduçãoSatélite GPS III-SV04 será lançado no Falcon 9 B1062 para otimizar os serviços de posicionamento e navegação. Imagem: SpaceX/Reprodução

No início de outubro, oficiais da Força Espacial anunciaram que as Forças Armadas dos EUA concederam permissão à SpaceX para lançar cargas úteis de segurança nacional em foguetes já pilotados. Esta notícia veio na esteira de outra decisão recente para permitir que a SpaceX recuperasse os primeiros estágios do Falcon 9 usados em missões de segurança nacional, algo que antes não era permitido. 

A SpaceX lançará as próximas duas missões GPS – GPS III-SV05 e GPS III-SV06 – nos primeiros estágios do veterano Falcon 9 no próximo ano. Os foguetes lançados nessas duas missões também pousarão subsequentemente de volta à Terra depois que seu trabalho for concluído. 

No entanto, a estrela da missão de hoje será um novo Falcon 9, conhecido como B1062. É raro ver um Falcon novinho em folha no topo da plataforma de lançamento atualmente, já que a empresa conta com sua frota de aviadores veteranos para lançar a grande maioria de suas missões.

Condições meteorológicas estão favoráveis

O vôo de hoje marcará o 97º lançamento de um foguete Falcon 9 e a 64ª recuperação do primeiro estágio. O drone Of Course I Still Love You, da SpaceX, está posicionado no Oceano Atlântico, aguardando sua tentativa de recuperação planejada. Aproximadamente nove minutos após a decolagem, o primeiro estágio do foguete de dois estágios deve pousar no convés do enorme navio. 

GO Ms. Chief, um dos barcos equipados com rede da SpaceX, está indo para a zona de recuperação para aguardar o lançamento desta noite. Não está claro seo  GO Ms. Chief tentará pegar a carenagem com falha da carga útil do Falcon 9 (o cone do nariz de proteção que cerca um satélite durante o lançamento).

Também não está claro se a SpaceX apenas retirará as metades da carenagem do oceano. A tentativa ou não de captura depende de uma série de fatores, incluindo o clima e o estado do mar na zona de recuperação. 

A SpaceX teve sucesso em suas tentativas de reutilizar mais do Falcon 9, até mesmo reutilizando várias carenagens em várias missões. A carga útil da carenagem é responsável por aproximadamente 10% do custo do foguete. Reutilizar carenagens pode economizar até US$ 6 milhões por voo, segundo o fundador e CEO da SpaceX, Elon Musk

As condições meteorológicas de lançamento parecem decentes para a tentativa de hoje à noite, já que oficiais meteorológicos da 45ª Asa Espacial da Força Aérea previram 60% de probabilidade de condições favoráveis na decolagem. De acordo com as autoridades meteorológicas, as principais preocupações são os ventos de decolagem e os cúmulos.

 

Fonte: Space