EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Apesar de ter alcançado a marca de 320 milhões de usuários ativos e 144 milhões de assinantes de seus planos premium, o Spotify está perdendo dinheiro muito rapidamente. Apenas no último trimestre, a empresa teve um rombo de 101 milhões de euros.

E se você pensa que isso é um problema apenas do Spotify, está enganado. Os problemas financeiros da companhia logo chegarão ao bolso dos clientes. O próprio Spotify confirmou, em seu mais recente balanço financeiro, que pretende aumentar os preços das assinaturas.

publicidade

Daniel Ek, CEO do Spotify, disse que a empresa entregou um valor agregado muito maior do que antes devido ao “conteúdo aprimorado”, o que ajudaria a sustentar um aumento nos preços. “Acredito que um aumento no valor é o sinal mais confiável que temos para determinar quando podemos usar o preço como uma alavanca para expandir nossos negócios”, afirmou Ek.

Reprodução

Planos do Spotify ficarão mais caros. Imagem: Kaspars Grinvalds/Shutterstock

O Spotify já testou preços mais altos em alguns mercados. Desde 1º de outubro, por exemplo, o preço do Plano Família para novos assinantes na Austrália subiu de AUS$ 17,99 para AUS$ 18,99. No balanço financeiro, Daniel Ek disse que a empresa iria “expandir ainda mais os aumentos dos preços”, anunciando um reajuste no Plano Família de lugares como Bélgica, Bolívia, Equador, Suíça e outros mercados. Procurada pelo Olhar Digital, a assessoria do Spotify disse não ter novidades sobre os preços no Brasil, mas “caso nossos preços mudem, com certeza, informaremos nossos usuários”.

publicidade

Recentemente, outra gigante do streaming, a Netflix, também anunciou um aumento nos preços de suas assinaturas, com justificativas semelhantes. Apesar de oferecer 58 programas originais e milhões de podcasts, o conteúdo exclusivo não é o carro-chefe do Spotify – na verdade, é pouco importante para a experiência do usuário.

Spotify repaginado para iPhone e iPad 

No dia 14 de outubro, o Spotify começou a liberar a atualização ‘8.5.80’ para iPhone e iPad que traz compatibilidade com os widgets do iOS 14. A novidade permite adicionar atalhos práticos na tela inicial para acessar rapidamente playlists e músicas tocadas recentemente.

Dois tamanhos de widgets foram disponibilizados: o pequeno, em formato de ícone, e o médio, que é retangular. A atualização está disponível também para iPads com iPadOS 14 e já pode ser baixada na App Store. Caso não tenha acontecido automaticamente, é preciso acessar a loja de aplicativos para atualizar o Spotify.

Via: MSPoweruser