EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Para os fãs do universo Harry Potter, uma grande notícia: nesta sexta-feira (6), o ator Johnny Depp renunciou dar continuidade em seu papel como Grindelwald na franquia Animais Fantásticos e Onde Habitam. Por motivos externos aos bastidores dos filmes, a Warner Bros pediu para que Deep se desligasse com o objetivo de que ele não esteja presente no terceiro longa da série. A notícia foi anunciada por meio do Instagram do ator.

 “Fiquei emocionado e comovido por suas muitas mensagens de amor e preocupação, especialmente nos últimos dias”, diz o ator em sua publicação de despedida do papel. “Em segundo lugar, gostaria de informar que fui convidado pela Warner Bros a renunciar ao meu papel como Grindelwald em Fantastic Beasts e eu respeitei e concordei com esse pedido”, acrescenta Deep.

publicidade

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Johnny Depp (@johnnydepp) em6 de Nov, 2020 às 8:15 PST

publicidade

Motivo da saída

Um dos motivos do pedido da produtora de Animais Fantásticos e Onde Habitam pode ter relação com Deep ter perdido, recentemente, um processo judicial no Reino Unido. Tratava-se de uma ação de difamação que o ator moveu contra o tabloide The Sun, que publicou um artigo que o definiu como “espancador de esposa”. O termo referiu-se a alegações de que ele teria abusado de sua ex-mulher, a também atriz Amber Heard.

Sobre esta ação, o juiz da Corte Suprema de Londres, Andrew Nicol, disse que “o reclamante [Depp] não teve sucesso em sua ação por difamação”. Ainda em sua decisão de 129 páginas, o magistrado destacou que “os réus [o Sun e News Group Newspapers] mostraram que o que publicaram no sentido que considero que as palavras sustentam é substancialmente verdadeiro… Descobri que a grande maioria dos alegados ataques à Sra. Heard pelo Sr. Depp foram provados para o padrão civil”, destacou.

Reprodução

Terceiro filme da franquia já está sendo gravado. Créditos: Warner Bris/Divulgação

Por causa dos relatos e outras confusões envolvendo o nome do ator, a Warner já estava mantendo Deep longe de alguns projetos. Em 2017, a escritora e autora dos filmes do universo Potter, JK Rowling, defendeu que “com base em nosso entendimento das circunstâncias, os cineastas e eu não estamos apenas confortáveis em continuar com nosso elenco original, mas genuinamente felizes por ter Johnny interpretando um personagem importante no cinema”.

Mas parece que os últimos acontecimentos foram demais para a Warner continuar segurando o ator para a terceira parte do spin-off de Harry Potter. O próximo filme teve suas gravações retomadas em setembro, depois de ficarem paralisadas por conta da pandemia causada pela Covid-19 e das recomendações de isolamento social.

Via: Gizmodo