EnglishPortugueseSpanish

A SpaceX está se preparando para realizar algo inédito: lançar e pousar dois foguetes Falcon 9 em um intervalo de apenas 13 horas. Um deles carregará um novo lote de 60 satélites Starlink e será o 14º lançamento da constelação neste ano. O outro terá a bordo o satélite oceanográfico Sentinel 6A para a Nasa.

O primeiro lançamento será do Falcon 9 B1063, carregando o satélite Sentinel 6A, que deve ocorrer às 13:17 deste sábado (21). Ele vai partir da Base Aérea Vandenberg (VAFB), na costa oeste dos EUA, que não é utilizada desde junho de 2019.

publicidade

Exatas 13 horas depois, às 00:17 do domingo (22) será a vez do Falcon 9 B1049 com a Starlink V1 L15, partindo de Cabo Canaveral, na Flórida. O foguete já voou seis vezes e pode estabelecer um novo recorde de reutilização com um sétimo voo bem sucedido. A SpaceX já afirmou publicamente que espera que a vida útil de um Falcon 9 seja de 10 missões, o que coloca o B1049 em 70% da meta.

Reprodução

Os nove propulsores Merlin 1D no foguete Falcon 9, da SpaceX. Foto: SpaceX /CC-BY-NC 2.0

O Falcon 9 B1063 é um dos três foguetes que teve dois propulsores substituídos devido a uma falha detectada segundos antes do lançamento do B1062 em 2 de outubro. Além deste o foguete B1061, que lançou quatro astronautas rumo à Estação Espacial Internacional no último domingo (15), também teve dois propulsores substituídos.

publicidade

Ambos os foguetes serão recuperados. O Falcon 9 B1063 pousará em terra firme, na área de pouso 4 da Base Aérea Vandenberg. Já o B1049 fará o tradicional pouso em uma das balsas autônomas da SpaceX, a “Of Course I Still Love You”, no Atlântico Norte.

Fonte: Teslarati