EnglishPortugueseSpanish
publicidade

É visível o aumento da popularidade dos aplicativos de carona, como o Uber, em todo o mundo. Agora, parece que a área foi para outro patamar e poderá contar com veículos elaborados especificamente para receber pessoas para passeios e viagens.

Esta é justamente a ideia que o novo hatchback verde chamado D1 quer transmitir. Desenvolvido por duas grandes empresas do ramo, o automóvel poderá inovar ainda mais o setor dos apps de transporte.

publicidade

A Didi Chuxing e BYD produziram o carro elétrico que terá um alcance de 418 quilômetros e que também poderá contar com um motor de 100 kW. O carro também deve possuir uma bateria de íon-lítio das fábricas Fudi da BYD em Chongqing, na China.

Além disso, o sistema do veículo oferecerá assistência ao motorista com avisos de saída de faixa, frenagem automática e aviso de colisão com pedestres. Outra funcionalidade inovadora do automóvel é uma aplicação de monitoramento que garante que o condutor fique com as mãos no volante e mantenha o foco no percurso.

Design

Mas o que realmente faz deste carro único é seu design convidativo para viagens. Além da cor chamativa e facilmente associável, o veículo possui portas deslizantes com o objetivo de evitar que o motorista acidentalmente colida com passageiros ou ciclistas.

Já o interior do carro conta com um banco totalmente confortável para o condutor focando o uso prolongado, assim como os bancos de trás também contam com mais espaço para as pernas. O automóvel também possui três telas de tamanho médio, sendo uma para o painel do motorista, e outras duas sensíveis ao toque atrás de ambos os encostos de cabeça dos bancos da frente. Desta forma, o passageiro pode acessar a navegação e outras informações.

Outra tela menor atrás do volante serve como painel de instrumentos.

Elaboração do D1

Cabe destacar que ambas as empresas começaram a trabalhar na elaboração do D1 há pelo menos dois anos. Didi é uma das maiores operadores de caronas do mundo e a BYD uma das principais fabricantes de carros elétricos da China.

“Para garantir um fornecimento confiável e mais econômico para sua rede de motoristas que hoje oferece até 60 milhões de viagens por dia, a Didi China vem construindo um ecossistema automotivo mais profundo para seu serviço de mobilidade central, estabelecendo uma ampla aliança com fabricantes, fornecedores de energia e outros participantes da indústria na cadeia de valor”, destacou a Didi, que ainda falou dos dados coletados de 550 milhões de passageiros e 31 milhões de motoristas que embasaram o projeto do carro.

Fonte: The Verge