A farmacêutica Pfizer anunciou hoje que sua vacina contra a covid-19, elaborada em parceria com a empresa alemã BioNTech apresentou 95% de eficácia na análise final do estudo de fase 3.

 
A terceira fase de teste da vacina envolveu cerca de 43 mil voluntários, metade deles receberam o imunizante e a outra metade recebeu apenas placebo. Quando 170 voluntários tiveram covid-19, o estudo foi aberto e revelou que 162 daquelas pessoas não tinham tomado vacina, apenas o placebo. Já a grande maioria dos vacinados ficou livre da covid-19.
 
Também foi constatado que o imunizante da Pfizer ajuda a prevenir doenças graves. O estudo registrou 10 casos graves de Covid-19, nove dos casos ocorreram no grupo que recebeu o placebo.
 

Os resultados ainda não foram divulgados em uma publicação científica, mas a Pfizer e a BioNTech já pretendem solicitar, nos próximos dias, a autorização de agências reguladoras para usar o imunizante em caráter emergencial nos EUA.

publicidade