Categoras: Vídeos

Nem demorou: ministro quer criar taxa ou imposto sobre o PIX

O fantasma da extinta CPMF – o antigo imposto sobre transações bancárias – volta a assombrar. E a ideia é de ninguém menos do que o Ministro da Economia, Paulo Guedes. Ele afirmou que tem intenções de estipular uma cobrança pelas transações feitas via PIX, o novo meio de pagamento instantâneo do Banco Central que entrou em operação na segunda-feira. Guedes disse que o PIX deve ser visto como “uma espécie de rodovia digital”, onde o trânsito dos usuários que passam por ela poderia ser cobrado.
O Ministro não entrou em valores ou formatos de cobrança, mas voltou a mencionar a chamada “nova CPMF”, dizendo que voltará a tocar no tema após as eleições. O setor bancário já se posicionou contra a criação deste novo imposto em várias ocasiões, ressaltando que isso afastaria os correntistas das instituições, levando a um fenômeno conhecido como “desbancarização”, onde os cidadãos tirariam dinheiro dos bancos e os guardariam por conta própria.
Por outro lado, o Ministro disse que a implementação da taxa permitiria eliminar outros impostos, sobretudo os que incidem sobre folhas de pagamento salarial.

Esta post foi modificado pela última vez em 20 de novembro de 2020 23:12

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Acsa Gomes