A obsolescência programada é um fantasma que já ronda a Apple há tempos. A empresa já foi formalmente acionada na Justiça por reduzir o desempenho de alguns dos seus aparelhos mais antigos deliberadamente – a “justificativa” era que a medida poupava bateria. Mas de uma forma geral, ao não oferecer mais atualizações de sistema para modelos antigos, a empresa decreta o “começo do fim” para esses aparelhos.

E com a chegada do iOS 15, rumores dão conta que as próximas “vítimas” serão o iPhone 6S, o iPhone 6S Plus e o iPhone SE original. De acordo com o site israelense The Verifier, a atualização do sistema operacional móvel que virá no próximo ano só estará disponível para o iPhone 7 ou posterior.

publicidade

Na verdade, o iPhone 6S já está na “prorrogação”, uma vez que era esperado que a linha perdesse a atualização para o iOS 14. Essa sobrevida, porém, só durou um ano. O iOS 15 deve ser anunciado na WWDC 2021, que provavelmente ocorrerá em junho de 2021, e lançado junto com o iPhone 13, no fim do ano.

Apple/Divulgação

iPhone 6S. Imagem: Apple/Divulgação

É política da Apple retirar uma geração de smartphones de seu programa de atualização a cada ano, e a série do iPhone 6S já tem mais de cinco anos. Sem o novo sistema, é esperado que vários aplicativos deixem de funcionar no aparelho, até ele ficar totalmente obsoleto – mesmo que funcionando perfeitamente, em termos de hardware.

Na linha do tempo da empresa, aparelhos com mais de cinco anos e menos de sete entram para a lista dos “vintage”como ocorreu com os iPhone 5c, em novembro. Esses itens continuam a ter suporte nas lojas e assistências técnicas autorizadas da marca, mas o estoque de componentes é reduzido e pode afetar os reparos.

Via: Techradar