EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Um Porsche Taycan bateu nesta semana o recorde mundial de mais longo tempo de derrapagem com um veículo elétrico. O carro derrapou durante 210 voltas em uma pista circular no circuito de testes da Porsche em Hockenheimring, na Alemanha, percorrendo uma distância total de 42,16 km em 55 minutos, com uma velocidade média de 46 km/h.

A pista foi irrigada para facilitar a derrapagem em baixa velocidade. Segundo Denis Retera, piloto do carro, “quando os programas de estabilidade são desativados, uma derrapagem com um Porsche elétrico é extremamente fácil, especialmente com este modelo”.

publicidade

“Ainda assim, foi muito cansativo para mim manter a concentração por 210 voltas, especialmente considerando que o asfalto irrigado não oferece a mesma aderência em todos os pontos”, afirmou.

Não existia um recorde anterior, então a marca da Porsche estabeleceu uma nova categoria. O recorde de derrapagem mais longa com um veículo a combustão é de um BMW M5 que derrapou por inacreditáveis 374 km ao longo de oito horas, o que incluiu um reabastecimento em pleno desafio, que foi registrado em um vídeo no YouTube.

Quem é o melhor?

Em setembro deste ano a Tesla e a Lucid Motors se envolveram em uma disputa para ver qual carro elétrico faria o melhor tempo no circuito de Laguna Seca, na Califórnia. O recorde era originalmente da Tesla, com 1:36:55 em um Tesla Model S na configuração “Plaid”, que ainda não está no mercado.

publicidade

A Lucid Motors bateu esse recorde em 18 de setembro com seu primeiro carro, o Lucid Air, completando uma volta em 1:33. Cerca de uma semana depois Sebastian Vittel – que não deve ser confundido com o piloto de Fórmula 1 Sebastian Vettel – utilizou um protótipo do Tesla Model S Plaid para superar a marca da Lucid, completando uma volta em 1:30,3.

Segundo Vittel o Model S usado é praticamente um veículo de produção: apenas o assento foi trocado para preservar a segurança do próprio piloto naquele contexto. Quanto aos pneus, são os mesmos que a Tesla usará na produção em série: “Michelin Sport Cup 2 com goma específica, que estará disponível quando o carro for lançado. Muito semelhante ao pneu Cup 2 R”, contou Vittel.

A expectativa de Musk é que o Model S Plaid ainda reduza mais três segundos desse tempo após ajustes finais antes do início da produção. O carro começará a ser entregue aos compradores no fim de 2021.

Fonte: Engadget