Categoras: Notícias

App do Google dá dinheiro a quem completa tarefas simples

O Google lançou um novo app em que os usuários podem completar tarefas simples em troca de dinheiro. Chamado Task Mate, o app pede que os usuários gravem frases, transcrevam sentenças ou fotografem lojas.

As tarefas são divididas em duas categorias: um usuário pode completar as “sitting tasks” sentado em casa. Já as “field tasks” exigem que o usuário se desloque até um local. Cada tarefa tem uma recompensa associada, por exemplo US$ 0,50 para transcrever 10 frases.

Quando o usuário acumula ao menos US$ 10 em sua conta pode transferir o saldo para o banco de sua preferência. As recompensas são adicionados à conta após análise pela equipe do Google, que verifica se a tarefa foi completada a contento.

Segundo o app o conteúdo gerado poderá beneficiar produtos do Google como a tecnologia de reconhecimento de voz e IA do Google Assistente, ou o Google Maps. Ou seja, o Google está pagando aos usuários para treinar suas inteligências artificiais.

No momento o Task Mate só está disponível na Índia, e é necessário um convite para acessar o app. No Brasil o Google tem o Opinion Rewards, que recompensa os usuários com créditos no Google Play ao responder pesquisas sobre seus hábitos de consumo.

Tela com o saldo do Google Task Mate. Dinheiro só entra na conta após tarefas serem revisadas pelo Google. Imagem: Reprodução

Generosidade não dura muito

Recentemente uma decisão do Google gerou reclamações entre os usuários: a generosa oferta de espaço ilimitado para armazenamento no Google Photos, desde que o upload fosse feito em “alta qualidade” em vez do arquivo original, será encerrada em 1º de junho de 2021. 

A partir desta data, todos os arquivos enviados consumirão espaço no plano de armazenamento do usuário. O Google ainda oferece 15 GB grátis para cada usuário, e estima que 80% dos usuários que enviam imagens na qualidade alta ainda terão pelo menos três anos antes de atingir o limite de 15 GB.

Os que atingirem, ou excederem, o limite poderão comprar mais espaço em um dos planos do Google One. Atualmente, um plano de 100 GB custa R$ 6,99 mensais, e também há planos de 200 GB (R$ 9,99) e 2 TB (R$ 34,99).

Vale lembrar que arquivos que já estão armazenados no Google Fotos, ou que forem enviados em qualidade alta até a data limite, não serão considerados. A regra vale apenas para novos envios. Também em 1º de julho de 2021 conteúdo criado no Google Docs, como Documentos, Planilhas e Apresentações, também passará a consumir espaço no plano do usuário.

Fonte: The Next Web

Esta post foi modificado pela última vez em 24 de novembro de 2020 13:11

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Rafael Rigues