EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Polícia Federal realiza nesta terça-feira (24), operação contra um esquema de fraudes e desvios de encomendas de alto valor nos Correios no Rio, que pode ter chegado a R$ 1 milhão. Produtos como celulares e eletrônicos eram escolhidos por funcionários do CTE Benfica, maior centro de distribuição de encomendas do Rio, e desviados para terceiros.

A ação era minuciosamente articulada. De acordo com a PF, os suspeitos trocavam etiquetas verdadeiras, que continham os dados da entrega, por etiquetas falsas. Estas, eram feitas com números de postagens já utilizados para que os empregados dos Correios mandassem as encomendas para destinatários envolvidos no esquema.

publicidade

Reprodução

Encomendas escolhidas a dedo por funcionários do CTE Benfica, no Rio, tinham etiquetas verdadeiras trocadas por falsas. Imagem: Divulgação/PF

As fraudes e as vendas dos itens desviados eram tratadas em um grupo de WhatsApp intitulado ”empresas e negócios”. Depois de etiquetados, os produtos eram entregues normalmente pelos carteiros que, aparentemente, não participavam do esquema de desvios.

Os suspeitos responderão pelos crimes de organização criminosa e peculato. Cerca de 50 agentes cumprem nove mandados de busca e apreensão, expedidos pela 10ª Vara Federal Criminal do Rio, em alguns bairros cariocas, além do próprio Centro de Distribuição dos Correios em Benfica.

publicidade

Ainda segundo a PF, as investigações tiveram início em janeiro de 2019 e contaram com apoio dos Correios.

Via: O Globo