China vai trazer pedaços da Lua para a Terra

A China lançou nesta segunda-feira a Chang’e-5. O foguete decolou do Centro de Lançamento de Satélites Wenchang levando 8,2 toneladas de equipamentos, incluindo uma série de veículos que serão usados para coletar e trazer de volta amostras do solo lunar. Se tiver sucesso, a China será o terceiro país a conseguir amostras da Lua, depois dos Estados Unidos e da extinta União Soviética.
A quantidade a ser coletada chama a atenção: os chineses esperam trazer entre 2 e 4 Kg de “pedacinhos da Lua”. A missão é um verdadeiro trabalho em equipe, e os profissionais terão de coordenar a operação de quatro espaçonaves robotizadas para cumprir seu objetivo.
A equipe terá 14 dias terrestres, ou meio dia lunar, para completar sua missão. Isso porque não tem um sistema de aquecedores para proteger seus componentes das gélidas noites lunares, quando a temperatura pode chegar a -173 graus celsius.

Esta post foi modificado pela última vez em 24 de novembro de 2020 23:12

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Acsa Gomes