Em 2015, o Facebook foi processado nos Estados Unidos em uma ação coletiva que dizia que a empresa violava uma lei de privacidade do Estado de Illinois.

 
O problema foi identificado em um recurso que sugeria marcação para fotos novas que eram carregadas para a plataforma. O sistema usava reconhecimento facial para digitalizar fotos e sugerir quem estava presente na imagem.
 
Agora, o Facebook terá que pagar um total de 650 milhões de dólares, cerca de 3,4 bilhões de reais em uma conversão direta, para encerrar o processo no país. A multa paga pelo Facebook será distribuída entre os usuários da rede social que vivem em Illinois e cujas fotos estão na plataforma a partir de 2011. Segundo informações da Bloomberg, 1,57 milhão de usuários se registraram na ação, e cada um receberá cerca de 300 dólares.
 

Em nota, o Facebook declarou que a empresa está focada em resolver o processo, pois é do interesse da comunidade e dos acionistas superarem esse assunto.

publicidade