Review de ‘Just Dance 2021’: novas músicas, poucas novidades

Just Dance‘ sempre foi um jogo bastante popular, principalmente por proporcionar diversão para toda a família por meio de músicas variadas e com coreografias criativas.

No entanto, com o passar dos anos, os produtores do game mudaram a fórmula da franquia, criando danças mais fáceis para tentar atrair mais público. Essa estratégia, aliada à uma playlist de hits do momento, tinha tudo para dar certo. Mas não é o caso, pelo menos com ‘Just Dance 2021’.

O game, que é o décimo primeiro da franquia principal, empolga por contar com músicas de sucesso, como “Rain On Me” de Lady Gaga e Ariana Grande, “Say So” de Doja Cat e “Blinding Lights” de The Weeknd. Porém, isso não parece ser suficiente para sustentar um jogo que mantém, por exemplo, o mesmo estilo de menu por três edições seguidas, ou seja, desde a edição 2019.

Além disso, a falta de modos de jogo pode comprometer a experiência, fazendo com que, ao jogar todas as músicas e versões alternativas, o título se torne cansativo.

Modos de jogo

No game atual, o Ubisoft trouxe apenas três modos de jogo – quatro, se contarmos com o World Dance Floor, o multiplayer online. Há o retorno do ‘Kids Mode’, em que os pequenos têm acesso a algumas músicas animadas, com coreografias divertidas e fundos coloridos e chamativos.

O próximo no menu é o modo ‘Just Dance’. Aqui temos a modalidade clássica em que as cerca de 40 músicas são disponibilizadas e podem ser dançadas por todos. No entanto, para que todas elas sejam desbloqueadas – isso falando das coreografias alternativas para algumas músicas – é necessário cumprir algumas tarefas, como atingir uma pontuação definida na dança normal ou jogá-la mais de uma vez.

Por fim, há o ‘Quick Play’, um modo em que, ao ser selecionado, coloca o jogador diretamente na fase de preparação para uma música aleatória. Isso garante que o jogador não perca tempo escolhendo alguma faixa no menu, apenas dance.

São todos modos simples, mas que cumprem seu papel de diversão. Mesmo assim, seria bom ter de volta, por exemplo, o ‘Battle Mode’ de ‘Just dance 4’ ou até o ‘World Video Challenge’ de ‘Just Dance 2017’.

Lista de músicas e coreografias

Como sempre, a lista de músicas é bastante variada e conta com sucessos pop dos últimos meses. No entanto, a equipe responsável pelo game sabe que os hits não são os únicos responsáveis por sustentar o jogo. Por isso, eles também apostam em faixas desconhecidas e de diversas nacionalidades. É aí que o game brilha de fato.

As coreografias nesses casos são as mais criativas e divertidas, com cenários interessantes e diversificados. É principalmente aqui que está o fator diversão. Como exemplo disso, podemos citar a música “Kick It” do NCT 127.

As coreografias também apresentam níveis de dificuldade diferentes, como é comum na franquia. Há sempre as mais fáceis – que normalmente são os hits -, indo para as mais difíceis. Em alguns casos, as faixas ganham uma versão extrema, em que o desafio é bastante alto – e muito divertido. Confira a lista completa.

Just Dance Unlimited

O serviço, que surgiu com o lançamento do ‘Just Dance 2017’, oferece mais de 600 músicas aos jogadores. Mediante uma assinatura mensal, os usuários podem jogar as faixas de games anteriores. Vale lembrar que todas as cópias dos jogos desde sua implementação oferecem um mês de degustação gratuita.

Isso, aliado às novas canções que são lançadas periodicamente, aumenta a vida útil do game, principalmente porque não é necessário trocar de jogo para jogar aquela música de uma versão anterior. Obviamente, ainda há algumas faixas que não foram adicionadas ao serviço, mas a Ubisoft sempre coloca novidades por lá.

Conclusão

‘Just Dance’ é o rei das festas de família e isso deve continuar por alguns anos. Com uma playlist variada e com adições divertidas, o novo game tem tudo para satisfazer os fãs ou os jogadores casuais. No entanto, a falta de modos pode ser um empecilho para a aquisição do game, pelo menos por enquanto, já que houve um aumento de preço em relação às edições anteriores.

Mesmo assim, o título garante horas de diversão e pode ajudar a perder alguns quilos e queimar calorias – principalmente depois das festas de fim de ano. O game foi lançado em 12 de novembro para PlayStation 4PlayStation 5Xbox OneXbox Series S/XNintendo Switch e Google Stadia.

Para realização desta análise, a Ubisoft enviou ao Olhar Digital uma cópia do jogo para Xbox.

Esta post foi modificado pela última vez em 28 de novembro de 2020 18:00

Compartilhar
Deixe seu comentário