EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Nesta terça-feira (1º), o Nubank passa a oferecer serviços em um novo segmento. A partir de agora, a fintech venderá seguros de vida, com planos com preço médio de R$ 9. A iniciativa é resultado de uma parceria com a seguradora americana Chubb. As informações são do Estadão.

Com isso, os 30 milhões de clientes da fintech – combinados entre usuários de sua conta digital e cartão de crédito -, poderão solicitar o Nubank Vida diretamente pelo aplicativo.

publicidade

De acordo com David Vélez, fundador e CEO do Nubank, a ideia da novidade é de “abandonar pacotes pré-definidos e a linguagem técnica e cheia de asteriscos dos contratos convencionais de seguros, que só encarecem e dificultam o processo”. Ainda segundo ele, os clientes pagarão apenas “o que realmente valorizam e utilizam”.

A estratégia da empresa é de entrar em um segmento ainda pouco explorado por aqui, já que poucas pessoas possuem de fato seguro de vida – segundo seguradoras, estima-se que menos de 20% da população brasileira possui essa proteção. Por isso, esse pode ser o primeiro passo para popularizar o serviço no Brasil – assim como aconteceu com a chegada dos cartões de crédito digitais do Nubank.

Cobertura

Fintech passa a oferecer seguro de vida com valor médio de R$ 9. Foto: Jo Galvao/Shutterstock

Atualmente, o Nubank prevê que a cobertura básica do serviço inclua morte natural ou acidental, bem como assistência funerária. Além disso, os segurados poderão adicionar serviços de proteção extras ao contrato – e que podem ser usadas em vida -, como hospitalização ou invalidez caso algum acidente ocorra.

Por conta disso, as mensalidades serão reajustadas de acordo com os serviços adicionais contratados. A cobertura pode variar entre R$ 25 mil e R$ 150 mil. A companhia também revelou que o seguro vai oferecer cobertura em casos de pandemia e de outras doenças que geralmente ficam de fora de alguns outros planos de saúde atuais.

publicidade

Além disso, o Nubank promete que o valor cobrado pelo seguro não sofrerá reajuste por conta da idade do segurado – a promessa é de que os valores não mudem nos primeiros cinco anos.

Em caso de sinistro, a empresa afirma que todo o atendimento pode ser realizado por um chat em tempo real dentro do aplicativo Nubank. Há ainda a promessa de que, dependendo do caso, o pagamento seja liberado em poucas horas.

Via: Estadão