EnglishPortugueseSpanish

Hackers norte-coreanos miram fabricantes de vacinas da Covid

Redação 3 de dezembro de 2020
publicidade

Hackers norte-coreanos atacaram fabricantes de vacina para a Covid-19. Segundo a MSN as vítimas foram a Johnson & Johnson e Novavax, nos Estados Unidos, AstraZeneca, no Reino Unido e Genexine Inc., Shin Poong Pharmaceutical Co., e Celltrion Inc, na Coreia do Sul. Os ataques teriam começado em agosto deste ano, quando vacinas experimentais estavam em estágio de testes com voluntários.


A Genexine afirmou estar ciente de um site malicioso se passando por um portal de login de sua rede, mas que não detectou nenhum ataque direto à sua equipe. A Celltrium disse que identificou e bloqueou recentemente “várias” tentativas de invasão como parte de sua rotina de segurança.

publicidade


Em 13 de novembro a Microsoft publicou um artigo em seu blog corporativo “Microsoft on the Issues”, alegando ter detectado três grupos patrocinados por governos atacando sete “companhias de destaque diretamente envolvidas na pesquisa de vacinas e tratamentos” para a Covid-19. A empresa afirma que os ataques vieram de um grupo russo chamado Strontium (Estrôncio), e dois grupos norte-coreanos apelidados de Zinc (Zinco) e Cerium (Cério).