EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Pesquisadores do Instituto de Ciências Biomédicas da Georgia State University descobriram uma forma de suprimir a transmissão do Sars-Cov-2. Isso é feito com a ajuda de um novo medicamento antiviral, conhecido como MK-4482/EIDD-2801 – ou simplesmente Molnupiravir.

“Esta é a primeira demonstração de um medicamento disponível por via oral para bloquear rapidamente a transmissão do Sars-Cov-2. O MK-4482/EIDD-2801 pode mudar o jogo”, comemora Richar Plemper, professor universitário que liderou o grupo de pesquisas.

publicidade

A ideia de interromper a transmissão generalizada da doença até que um imunizante esteja disponível é parte fundamental para controlar a Covid-19 e tentar diminuir os impactos causados pela pandemia. Mesmo com o potencial descoberto, ainda serão necessários vários testes para comprovação da afirmação, já que os resultados foram baseados em experimentos com furões infectados.

Como o medicamento pode ser tomado por via oral, o tratamento pode ser iniciado logo no início da infecção. Isso garantiria alguns benefícios, como inibir o processo de evolução do paciente para um quadro grave, encurtar a fase infecciosa e mitigar rapidamente os surtos locais.

Testes realizados

Eficácia contra o Sars-Cov-2 precisa ser comprovada por meio de mais testes. Foto: YanLev/Shutterstock

No estudo, publicado na Nature Microbiology, a equipe de Plemper testou o Molnupiravir em furões que foram infectados pela doença. “Observamos logo no início que o medicamento tem atividade de amplo espectro contra vírus RNA respiratório e que o tratamento de animais infectados reduz a quantidade de partículas virais eliminadas em várias formas, fazendo com que a transmissão seja diminuída”, disse Plemper.

“Acreditamos que os furões são um modelo de transmissão relevante porque eles propagam prontamente o Sars-Cov-2, mas, além disso, eles não desenvolvem a fase grave da doença, o que se assemelha ao caso de parte de jovens adultos”, comenta Robert Cox, coautor do estudo.

publicidade

Os pesquisadores infectaram os animais com o Sars-Cov-2 e iniciaram o tratamento com o medicamento assim que começaram a liberar o vírus pelo nariz.

Com os dados obtidos, os especialistas acreditam que, no melhor dos cenários, os pacientes com a Covid-19 podem deixar de transmitir o vírus 24 horas após o início do tratamento. Novamente, vale lembrar, que mais testes devem ser feitos antes de afirmar que essa é a forma definitiva de controlar a doença.

Via: MedicalXpress