Categoras: Notícias

Apple Fitness+: plataforma de exercícios ganha data de lançamento

Anunciado em setembro, o novo serviço de condicionamento físico Apple Fitness+ já tem data para ser lançado: 14 de dezembro. A plataforma — que fará integração com os dispositivos Apple Watch, iPhone, iPad e Apple TV —, deve trazer uma nova experiência fitness para os usuários iOS, incluindo métricas de treino, exercícios personalizados e música.

Diversos módulos de treino estarão disponíveis na plataforma, incluindo treino HIIT (treino intervalado de alta intensidade), core, ciclismo, esteira, treino de força, remo, meditação, yoga e dança. Os conteúdos serão renovados semanalmente.

A premissa do Apple Fitness+ é possibilitar o condicionamento físico do usuário independente do local ou tempo disponível. Como a maioria dos treinos não requer equipamentos extras, basta sincronizar a plataforma com o dispositivo desejado para iniciar os exercícios. Os treinos podem variar de 10 a 45 minutos.

“Ser mais ativo é uma das coisas mais importantes que podemos fazer pela nossa saúde, mas sabemos que escolher malhar pode muitas vezes ser um desafio, esteja você muito ativo ou apenas começando”, disse Jay Blahnik, diretor sênior de Tecnologias Fitness da Apple.

Plataforma disponibilizará treinos diversificados e deve chegar ao mercado ainda em dezembro. Imagem: Apple/Divulgação

Treinos com músicas

De acordo com a Apple, a música também terá papel importante nos treinos. A plataforma disponibilizará trilhas para “dar um gás” nos exercícios, mas os assinantes do Apple Music também poderão optar pelas listas de reprodução salvas.

O serviço estará disponível apenas para assinantes, com valor mensal de US$ 9,99 e custo anual de US$ 79,99. A mesma assinatura poderá ser compartilhada por até seis membros.

A princípio, o serviço não será disponibilizado para o Brasil. O Apple Fitness+ será liberado inicialmente para os Estados Unidos, Austrália, Canadá, Irlanda, Nova Zelândia e Reino Unido.

Integração com Apple Watch

Esta será a primeira experiência em torno do relógio inteligente da Apple. Com ele, será possível acompanhar os batimentos cardíacos, calorias queimadas, tempos de intervalo e, para os mais competitivos, comparações dos números com qualquer pessoa que já tenha concluído o mesmo treino.

Dados do Apple Watch podem otimizar treinos do usuário. Imagem: Apple/Divulgação

A dona dos dispositivos iOS também pretende incentivar quem possuir o relógio inteligente, potencializando ainda mais as vendas do produto.

Usuários de produtos compatíveis receberão um mês de assinatura gratuitamente para testes, enquanto os novos compradores do Apple Watch 3 (ou versões superiores) receberão três meses grátis do plano fitness.

Requisitos do Apple Fitness+

  • Apple Watch: Apple Watch Series 3 ou superior
  • iPhone: iPhone 6s ou superior (e iPhone SE)
  • iPad: iPad Pro, iPad (5ª geração ou superior), iPad mini 4 ou superior, iPad Air 2 ou iPad Air (3ª geração ou superior)
  • Apple TV: Apple TV 4K e Apple TV HD

Esta post foi modificado pela última vez em 9 de dezembro de 2020 13:02

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Igor Shimabukuro