EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Quando se pensa em levar cargas úteis ao espaço, a primeira coisa que vem à cabeça é a imagem de um foguete decolando. No entanto, isso pode ser coisa do passado, já que há uma nova geração de drones que promete fazer isso de forma mais rápida e mais barata.


Recentemente, a Aevum revelou o Ravn X, seu veículo de lançamento autônomo. A empresa informa que esse é o maior sistema de aeronaves não tripuladas do mundo. Isso porque, os drones, que possuem 24 metros de comprimento e 18 metros de largura, podem entregar cargas úteis de satélites a cada 180 minutos, 24 horas por dia.

publicidade


“A Aevum está reimaginando completamente o acesso ao espaço. A definição atual de ciência de foguetes não funciona para nós. A Aevum está levando a logística para a próxima geração com tecnologias de software e automação”, disse Jay Skylus, fundador e CEO da empresa.


Outra coisa que o Ravn X se diferencia é na questão do controle. O drone não precisa de uma pista maior que 1,6 km para pousar – além de que o processo de pouso e decolagem é feito de forma autônoma.


Os veículos também são econômicos. Estima-se que 70% de cada Ravn é reutilizável após cada lançamento. No entanto, a empresa afirma que tem como objetivo construir equipamentos que sejam 95% reutilizáveis.


O clima também não parece ser um fator crítico para o Ravn. Exceto em condições raras e extremas, os drones podem ser lançados sob más condições climáticas – que tecnicamente impediriam os sistemas de entrega de satélites atuais.

publicidade


Atualmente, o Ravn X já possui diversos interessados em utilizar seus serviços. Os primeiros lançamentos estão programados para começar no fim de 2021. Ao longo de nove anos, 20 missões foram agendadas. Dentre elas, o envio do satélite experimental Aslon-45, da Força Aérea dos EUA, que assinou um contrato de US$ 5 milhões para que isso aconteça.

Via: TechXplore