EnglishPortugueseSpanish

Além de carregar inúmeros instrumentos sofisticados e tubos para serem preenchidos com amostras de rochas, o rover Perseverance — lançado rumo à Marte em 30 de julho de 2020 — também está transportando objetos, no mínimo, curiosos.

Chamados de “festooning”, os objetos vão desde símbolos a microchips ultramodernos. Muitos deles têm propósitos funcionais, enquanto alguns são meramente decorativos.

publicidade

“Esses tipos de enfeites adicionam elementos artísticos em missões que são exclusivamente dominadas pela ciência e tecnologia, bem como homenagens duradouras a colegas que ajudaram a pavimentar o caminho para a exploração do espaço pela humanidade”, disse Jim Bell, da Universidade Estadual do Arizona.

Em seu site oficial, a Nasa divulgou algum desses objetos que estão a bordo do Perseverance. Veja abaixo:

MasterCam-Z

Objeto a bordo do Perseverance
MasterCam-Z tem o intuito de calibrar as cores das câmeras e funciona como relógio solar. Foto: Nasa/Divulgação

À primeira vista, o MasterCam-Z parece uma mistura de fliperama com o brinquedo Genius.

Mas ele atua, na verdade, como os “olhos” do Perseverance. Seu intuito é calibrar as cores das câmeras para garantir a coloração real das imagens captadas, mas ele também funciona como um relógio de Sol para fins educacionais.

O aparelho traz diversos desenhos, desde cianobactérias até foguetes, representando todo o processo evolutivo da raça humana.

Além de carregar a mensagem “Dois mundos, um começo” na parte frontal, o MasterCam-Z traz uma inscrição bônus: “Estamos sozinhos? Viemos aqui para procurar sinais de vida e coletar amostras de Marte para estudo na Terra. Para os que seguem, desejamos uma viagem segura e a alegria da descoberta”.

Sherloc

Instrumento de geocache
Instrumento de geocache remoto carrega diversos materiais com composições diferentes. Foto: Nasa/Divulgação

O ato de caçar tesouros com a ajuda de um GPS atrai inúmeras pessoas ao redor do mundo. Mas o que muitos não sabem é que o aparelho geocache mais remoto do mundo está a bordo do Perseverance.

Chamado de Sherloc (Scanning Habitable Environments with Raman & Luminescence for Organics & Chemicals), o dispositivo está localizado em um dos braços robóticos do rover e armazena alguns alvos de calibração como materiais do visor e de trajes espaciais, moeda espacial, meteoritos, entre outros.

Além de auxiliarem nos ajustes do instrumento, os materiais serão analisados quando em contato com a superfície poeirenta e irradiada de Marte.

Sherlock é “parceiro” da câmera de grande angular intitulada de Watson, também presente no rover. Sempre que Watson tira uma foto, os fãs de geocaching podem procurar as imagens na galeria do site da Nasa.

Meteorito marciano do SuperCam

Meteorito marciano em dispositivo
Meteorito de Marte no SuperCam ajuda a calibrar o dispositivo. Foto: Nasa/Divulgação

Assunto favorito dos geólogos, as rochas não poderiam ficar de fora dos festooning.

Ao construírem o SuperCam — instrumento a laser que mede o vapor de rochas e solos para determinar suas composições —, os cientistas escolheram um fragmento de meteorito de Marte para calibrar os parâmetros do dispositivo.

Antes de ser incorporado ao Perseverance, o meteorito no SuperCam fez uma viagem de ida e volta à Estação Espacial Internacional (ISS).

Chips com 11 milhões de nomes

Microchips com 11 milhões de nomes
Três chips com quase 11 milhões de nomes estão a bordo do Perseverance. Foto: Nasa/Divulgação

O centro tecnológico da Nasa (JPL) ofereceu a chance de pessoas ao redor do mundo “voarem” até Marte.

Como seria impossível transportar tantos indivíduos até o Planeta Vermelho, a equipe construiu três microchips gravados com cerca de 10,9 milhões de nomes, incluindo as sugestões dos 155 finalistas do concurso “Name the Rover”, que nomeou o Perseverance.

Homenagem às vítimas da Covid-19

Placa em memória aos profissionais de saúde mortos pelo coronavírus
Homenagem aos profissionais de saúde que combateram à Covid-19 está na “lataria” do rover. Foto: Nasa/Divulgação

Os engenheiros da Nasa não deixaram escapar a oportunidade de homenagear os profissionais de saúde que arriscaram suas vidas no combate ao coronavírus.

Uma placa especial de alumínio — quase como um chassi de carro — foi acoplada no lado esquerdo do Perseverance.

Ela traz a imagem do planeta Terra apoiado pela vara de Asclépio, antigo símbolo grego, representando a cura e a medicina.

A chegada do Perseverance em Marte está prevista para 18 de fevereiro de 2021. Até lá, resta esperar para ver como os objetos se comportarão em solo marciano.