EnglishPortugueseSpanish

Eclipse solar total

Redação 14 de dezembro de 2020
publicidade

Aconteceu nesta segunda-feira, o eclipse solar total. A rápida passagem da Lua nova sobre a face do Sol, transformou o dia em “noite” em alguns pontos da Argentina e Chile. Nestes países, o eclipse durou cerca de 24 minutos, mas a cobertura total durou pouco mais de dois minutos.

Já no Brasil — assim como em outros países ao norte do continente —, o eclipse foi visto apenas de maneira parcial e durou das 11h33 até às 15h53, pelo horário de Brasília.

publicidade


O eclipse solar total ocorre quando a Terra, Sol e Lua se alinham de um modo específico, fazendo com que a incidência solar seja impedida pelo nosso satélite natural. Embora a Lua seja 400 vezes menor que o Sol, ela acaba atuando como um barreira por estar bem mais próxima da Terra, impedindo a chegada da luz solar, mesmo durante o dia.


Os próximos eclipses solares completos acontecerão na Antártica em dezembro de 2021, na Indonésia e Austrália em abril de 2023 e nos Estados Unidos e Canadá em abril de 2024.