Categoras: Notícias

Código do “Assassino do Zodíaco” é decifrado após 51 anos

Um grupo de criptógrafos amadores diz ter decifrado o código utilizado pelo “Assassino do Zodíaco” mais de 51 anos após a série de mortes que aterrorizou os Estados Unidos. A identidade do criminoso, que nunca foi preso, permanece um mistério até hoje.

Em um vídeo postado no YouTube, David Oranchak, web designer do estado da Virginia, explica que o ponto de partida foi quando o matemático australiano Sam Blake identificou 650 mil ordens de leitura possíveis para a cifra, conhecida como “The 340″ou “Z340”.

A partir daí, os criptógrafos utilizaram softwares de quebra de código desenvolvidos pelo terceiro integrante do grupo, o programador belga Jarl Van Eycke, para processar os dados que haviam obtido.

Caçada humana pelo criminoso virou filme com Robert Downey Jr. e Jake Gyllenhaal. Crédito: Paramount Filmes/Divulgação

“David e eu jogamos tudo no AZdecrypt e no ZKDecrypto, respectivamente. Somente o AZdecrypt conseguiu encontrar fragmentos da solução completa. Era uma agulha no palheiro. Até mesmo achar qual o palheiro certo foi sorte”, contou Blake ao site Zodiac Killer Facts, que reúne informações sobre a série de mortes ocorrida na década de 60.

As primeiras frases encontradas, de acordo com o grupo, foram “ESPERO QUE ESTEJAM”, “TENTANDO ME PEGAR” e “OU A CÂMARA DE GÁS”. A última chamou a atenção dos três graças a um fato ocorrido um mês antes do surgimento do criptograma atribuído ao assassino.

Real ou impostor?

Em novembro de 1969, um homem ligou para um programa de televisão e se identificou como Zodíaco. No ar, ele disse “Eu preciso de ajuda. Estou doente… Não quero ir para a câmara de gás”, e “Vou matar aqueles garotos”, desligando em seguida.

A partir dessa informação, o Oranchak, Blake e Van Eycke chegaram à suposta mensagem:

“Espero que estejam se divertindo muito tentando me pegar. Não era eu no programa de TV. O que diz algo sobre mim. Eu não tenho medo da câmara de gás. Porque isso vai me mandar para o paraíso mais cedo. Porque agora eu tenho escravos suficientes para trabalhar para mim. Enquanto os demais não têm nada quando chegam ao paraíso. Por isso temem a morte. Eu não tenho medo porque sei que minha nova vida é. A vida vai ser fácil no paraíso morte.” (sic)

Em um nota divulgada no Twitter, o FBI disse ter ciência da decodificação do código do “Assassino do Zodíaco”, mas informou que não fará nenhum outro comentário.

“O FBI está ciente de que uma cifra atribuída ao Assassino do Zodíaco foi resolvida por cidadãos privados. O caso segue sendo uma investigação em curso da divisão de São Francisco e nossos parceiros locais. O Assassino do Zodíaco aterrorizou várias comunidades do Norte da Califórnia, e mesmo depois de décadas, continuamos buscando justiça para as vítimas desses crimes brutais. Devido ao fato de ser uma investigação em curso e em respeito às vítimas e suas famílias, não iremos fazer nenhum outro comentário no momento”, diz o pronunciamento do órgão.

Ao site Motherboard, Oranchak contou que espera que o código seja validado por outros criptógrafos e que a descoberta ajude nas investigações. “A comunidade cripto busca esta cifra há décadas, então espero que eles vejam e verifiquem a solução. A construção do código pode nos contar um pouco mais sobre o perfil do Zodíaco”, afirmou o criptógrafo amador.

Fonte: Vice

Esta post foi modificado pela última vez em 15 de dezembro de 2020 15:10

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Bruno Felix