‘Cyberpunk 2077’ finalmente está entre nós. No entanto, o jogo apresenta bugs gráficos e, em alguns casos, até impedem a história de prosseguir. A CD Projekt Red (CDPR), produtora do game, lançou algumas correções, mas parece que ainda não foi suficiente. Por isso, a própria empresa reconheceu os problemas e informou que os usuários poderiam pedir reembolso. Mas no caso de quem comprou o jogo para PlayStation, a tarefa não é tão simples.


Usuários que tentaram reaver o valor pago no game informam que o suporte da Sony se recusou a devolver o dinheiro, alegando que o game já havia sido baixado ou transmitido. Isso vai contra o que a própria CDPR prometeu em uma postagem no Twitter.

publicidade


Na ocasião, a produtora informou que trabalha em duas grandes atualizações para corrigir a maioria dos problemas. Ambas devem chegar, respectivamente, em janeiro e fevereiro.


Porém, apesar de pedir uma chance para se redimir, disse que também entendia quem não queria esperar. Por isso, eles recomendaram que os compradores procurassem o suporte das lojas dos respectivos consoles e solicitassem o reembolso de Cyberpunk 2077.

Em sua tentativa de reembolso na loja da Sony, um usuário do Twitter foi informado que não haveria possibilidade de devolução. A justificativa para isso é o próprio comunicado emitido pela produtora do jogo, falando sobre os updates.


Ainda é possível ver quer a atendente pede para que o consumidor espere pelos updates prometidos, pois servirão para corrigir a maioria dos problemas presentes atualmente. Isso vai diretamente contra o que a própria CDPR afirmou em seu comunicado oficial.


Em outro relato, um segundo consumidor questionou o motivo dado pela atendente de que sua compra ‘não se qualifica para um reembolso de acordo com as políticas da Sony’. Ele recebeu a mesma justificativa do caso anterior, que o jogo já havia sido baixado ou transmitido.


Em seus termos de uso, a Sony de fato afirma que, apesar dos 14 dias para solicitar a devolução de algum game em casos de defeito, o título não pode ter sido reproduzido no console. No entanto, é nessa afirmação que os jogadores se apoiam. Os bugs de ‘Cyberpunk 2077’ poderiam se encaixar na categoria de “defeitos”, o que justificaria o reembolso.

Reembolso de ‘Cyberpunk’ no PC e Xbox


Ao que parece, essa é a única plataforma em que os jogadores estão com problemas para devolver o produto. No caso das versões de Xbox e PC, por exemplo, não é necessário falar com um atendente, todo o processo é feito diretamente pelo sistema das respectivas lojas. Obviamente, desde que todas as regras sejam seguidas.

No caso do PC, por exemplo, o jogo não deve ter sido reproduzido por mais de duas horas e a compra não deve ter mais de 14 dias – essa última regra também se aplica ao Xbox.

Via: VG247/CD Projekt Red/Resetera