EnglishPortugueseSpanish

DJI entra na lista negra do governo americano

Redação 18 de dezembro de 2020

O governo dos Estados Unidos colocou a SZ DJI Technology Company, mais conhecida como DJI, na lista proibida de entidades estrangeiras. É a mesma lista em que estão outras empresas chinesas, como a Huawei. As restrições entraram em vigor às 13h15 desta sexta-feira, pelo horário de Brasília.

Com isso, a fabricante de drones fica impedida de fazer negócio com empresas americanas. Além da DJI, outras marcas chinesas foram adicionadas à lista. Entre elas, estão a SMIC, principal fabricante de chips do país, a AGCU Scientech, a China National Scientific Instruments and Materials e a Kuang-Chi Group.

publicidade

O Departamento de Comércio dos Estados Unidos diz que colocou a DJI na lista proibida porque ela facilitou abusos contra os direitos humanos em grande escala na China. Isso teria sido feito por meio de coleta e análise abusiva de material genético e/ou vigilância de alta tecnologia. A DJI ainda não se posicionou oficialmente sobre o assunto.