Rumor: Apple visa produção de carros autônomos para 2024

O carro autônomo da Apple está sendo desenvolvido e pode ser anunciado em 2024. É o que garantem as fontes ouvidas pela agência Reuters, que ainda afirmam que a empresa está criando sua própria tecnologia de bateria para reduzir “radicalmente” o custo e aumentar o alcance do veículo.

O chamado Projeto Titan teria começado em 2014, mas foi reavaliado posteriormente. Doug Field, um veterano da companhia que também trabalhou na Tesla, assumiu a supervisão do projeto em 2018 e demitiu 190 pessoas da equipe em 2019. Desde então, o carro elétrico da Apple avançou o suficiente para começar a vislumbrar seu objetivo.

Duas pessoas que estão familiarizadas com o esforço da Apple, e que pediram para não ser identificadas, afirmaram à Reuters que a empresa quer construir um veículo pessoal para o mercado de massa – diferente da rival Waymo, da Alphabet, focada nos táxis-robô. As fontes alertam, porém, que atrasos relacionados à pandemia podem levar o início da produção para 2025.

Um Fiat Chrysler Pacifica, a minivan autônoma usada pelos serviços da Waymo. Imagem: Waymo/Divulgação

Há ainda o desafio da fabricação em si. A Apple tem expertise na produção de centenas de milhões de produtos eletrônicos, mas nunca fez um carro. Para efeitos de comparação, entre projeto e lançamento, a Tesla levou 17 anos até se tornar sustentável. As fontes dizem que a empresa terá um parceiro de fabricação para construir os veículos.

Outra opção da Apple é reduzir o escopo do projeto para um sistema de direção autônomo, que seria integrado aos carros feitos por montadoras tradicionais. Parceiros externos já estariam desenvolvendo outras partes do sistema, como os sensores que ajudam os carros autônomos a obter uma visão tridimensional da estrada.

Segundo a Reuters, a empresa fundada por Steve Jobs se recusou a comentar sobre seus planos ou produtos futuros.

Via: Reuters

Esta post foi modificado pela última vez em 22 de dezembro de 2020 14:25

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Renato Mota